Em cerimônia festiva realizada neste dia 1º de maio, a Cooperativa Vinícola Aurora inaugurou uma nova unidade industrial, que está instalada no Vale dos Vinhedos. O evento contou com a presença de cerca de 3 mil pessoas, entre associados da vinícola, funcionários, convidados e autoridades políticas. O governador do Estado, Eduardo Leite (PSDB), também esteve presente em Bento Gonçalves. A nova planta vai absorver a produção de suco de uva integral e dos vinhos de mesa, deixando a matriz exclusivamente para a elaboração e expedição dos vinhos e espumantes finos.

Segundo o presidente do Conselho de Administração da Cooperativa Vinícola Aurora, Itacir Pedro Pozza, a Aurora precisava dessa base para dar suporte ao seu crescimento. O projeto foi pensado para ser utilizada durante muitas décadas, não necessitando reformular a planta por muito tempo. Também, o empreendimento é totalmente sustentável, a única do setor no mundo com Certificação LEED.

A nova unidade é moderna, automatizada e sustentável, tem telhado com sistema skylux que reflete iluminação natural para os ambientes, de forma que as luminárias são acionadas apenas por programação, quando necessário. Tem sistema de automação também para controle e renovação do ar, além de engarrafamento totalmente enclausurado para evitar contaminações e linhas de engarrafamentos automatizadas com supervisores de linha e robótica.

Na ocasião, Diego Bertolini, diretor de marketing do Instituto Nacional do Vinho (Ibravin), destacou que atualmente 60% da produção da Vinícola Aurora é baseada em suco de uva, bebida que vem ganhando bastante espaço no mercado. Ainda, comentou sobre a importância do engajamento social que a empresa propõe, sendo que mais de 1100 famílias fazem parte da cooperativa.

A atual secretária Extraordinária de Relações Federativas e Internacionais do governo Eduardo Leite em Brasília, Ana Amélia Lemos também marcou presença na cerimônia de inauguração. Na ocasião, a ex-senadora comentou sobre as dificuldades que o mercado vitivinícola nacional tem por conta das altas tarifações, o que dificulta a concorrência com produtos estrangeiros.

Exercendo o uso da tribuna, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite parabenizou a nova estrutura da cooperativa. Na sua fala, afirmou também que as oportunidades para empreender ocorrem de forma mais eficaz quando há menos gastos públicos. Sobre este assunto, o governador insistiu na necessidade do acerto de contas do Estado, por meio do enxugamento de gastos.

A Aurora é a maior cooperativa vinícola do Brasil, processando em média 60 mil toneladas de uva por ano, resultando em uma produção de 46 milhões de litros de bebidas. Cerca de 60% da produção é baseada em sucos de uva, no entanto, a empresa ainda produz vinhos espumantes, tintos, brancos e rosés, além de coolers. No ano passado, a cooperativa faturou o montante de R$ 540 milhões.

Fonte: Leouve / Fotos: Felipe Vicari / Grupo RSCOM

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here