Foto/Sabrina Conte Retratos

O Câncer de Mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil, depois do de pele não melanoma, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. Estima-se que para cada ano do triênio 2020/2022, sejam diagnosticados no Brasil 66.280 novos casos de câncer de mama, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres. (INCA, 2020).

Receber o diagnóstico do câncer de mama faz qualquer mulher se aterrorizar. O mundo vira de cabeça para baixo, o dia a dia passa a ser voltado à solução da doença, a ansiedade toma conta e o medo intimida. Estes são alguns dos pensamentos que assombram as mulheres vítimas do câncer. Mas, quando diagnosticado precocemente a chance de cura é de 95%, já quando descoberto mais tarde essa taxa cai para 50%.

E por conta disso, a Aapecan criou o projeto “AS DECIDIDAS” que em 2021 está em sua décima primeira edição, e junto ao Movimento Outubro Rosa, marcar a luta contra o câncer de mama, com a envolvimento das mulheres com câncer de mama, atendidas pela Aapecan, na importância da prevenção, levando informações sobre o diagnóstico, tratamento e cuidados frente a esse cenário. O objetivo do projeto é proporcionar através das mulheres com câncer de mama, atendidas pela Aapecan, a importância da prevenção e diagnóstico precoce deste tipo de câncer, a partir da disseminação de informações por meio de campanhas educativas e ações interativas.

E neste ano, as fotos foram realizadas no Jardim do Amor, em Gramado. Além das fotos elas puderam conhecer o ambiente e ter um dia diferente. O projeto visa também a levar mais alegria para a vida dessas mulheres e incentivar a prevenção, o autocuidado e o empoderamento. Participam do projeto oito mulheres que passaram e passam pelo tratamento oncológico: Silvia Regina Ferreira Soares, Dirlene Blanco Flores Barbosa, Neusa Wisniewski dos Santos, Fabiana Cristina Schenkel, Liane Thiesen, Ceris Abreu Caetano, Miliane Soares de Bittencourt, Jenny Carolina Telechea de Torres.

Programação Exposição:

De 01 a 17.10 – Exposição dos quadros fotográficos e mandalas na Prefeitura de Caxias do Sul

De 18 a 31.10 – Exposição física e virtual no Hospital Pompéia

Programação Outubro Rosa Aapecan

Para o decorrer do mês de Outubro a Aapecan está programando além das exposições, uma programação especial em parceria com a Coordenadoria da Mulher e a Prefeitura de Caxias do Sul. Também, são disponibilizadas palestras informativas sobre o Câncer para as empresas locais. Confira o cronograma da exposição abaixo:

– Dia 1º de outubro, às 9h. Abertura para convidados e autoridades no mezanino do Centro Administrativo, instalação da exposição fotográfica “Decididas” e distribuição de laços rosas para os funcionários públicos.

– Dia 1º de outubro, às 19h30min: Transmissão da live “Verdades e fake news sobre câncer de mama”, com a médica oncologista Gabriela Cristina Grigol Martinez.

– Dia 11 de outubro, às 19h: Transmissão da live “Espiritualidade e autoestima”, com a psicóloga Sonia Rossetti e a mestre de yoga, Clair Rosa.

– Dia 16 de outubro, realização do Chá Rosa na cidade de Três Coroas.

– Dia 20 de outubro, às 14h: Bate-papo “A história delas”, com relatos de Dirlene Blanco Flores Barbosa, Madelaine Comerlato Postal e Maureen Bagattini, mulheres que superaram o câncer de mama.

– Dia 25 de outubro, às 19h30min: Transmissão da live “Os direitos sociais da pessoa com câncer”, com apoio da Comissão da Mulher Advogada da Subsecção Caxias do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil, palestrante: Dra. Tatiane Lima Oliveira.

Convidamos a todos para ver exposição e conhecer mais sobre esse trabalho.

– Dia 30 de outubro, às 08h15min, participação na Pedalada Rosa promovido pela Épika Girls.

Sobre a Aapecan

A Associação de Apoio às Pessoas com Câncer (Aapecan) é uma Organização da Sociedade Civil (OSC) sem fins lucrativos que atende há 15 anos (março de 2005) no Rio Grande do Sul de forma gratuita pessoas em situação de vulnerabilidade social diagnosticadas com Câncer. Desde a inauguração da primeira Unidade, em Caxias do Sul, outras 13 já foram abertas no Estado – dez delas com Casas de Apoio – nas quais são oferecidas, além de hospedagem com direito a acompanhante para usuários de outros municípios que precisam se submeter a tratamento oncológico, quatro refeições diárias acompanhadas por nutricionista e, na maioria delas, deslocamento a centros médicos. Nesses 15 anos a Aapecan já atendeu mais de 20 mil pessoas que necessitam de amparo social durante o tratamento contra o Câncer e seus familiares/acompanhantes/responsáveis.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here