Consagrada pelo emblemático tombo de uma polenta gigante de 800kg, a décima edição do Polentaço iniciou no sábado(18) e terminou (19) no domingo em Monte Belo do Sul.

Além da celebração do legado gastronômico trazido pela colonização italiana na região, protagonizado pela polenta, atrações como apresentações artísticas e culturais brindaram os visitantes que circularam pela Praça Padre José Ferlin, no centro da cidade.

Com pouco mais de 2.600 habitantes, Monte Belo vê crescer de forma animadora os retornos gerados pelo viés turístico construído nos últimos anos. A localidade aposta em um novo conceito de turismo para atrair quem deseja vivenciar momentos acolhedores e pacíficos no interior da Serra gaúcha – conforme o propósito da marca ‘Vieni Vivere la Vita’, lançada no ano passado. Com essa tônica de valorizar os diferenciais típicos da cidade, a cerimônia de abertura do Polentaço enalteceu o engajamento da comunidade para com a iniciativa. “Nosso município e seus empreendedores ganham muito com eventos que transmitam nossa essência e, ao mesmo tempo, celebram o produto gastronômico que é símbolo da nossa cultura, a polenta”, destaca o prefeito monte-belense, Adenir José Dallé.

Idealizador do Polentaço, à frente das dez edições já realizadas, o Secretário de Cultura e Turismo do município, Alvaro Manzoni, lembrou a importância de se resgatar as raízes para prospectar um futuro próspero aos eventos que promovam o município. “O Polentaço tem o intuito de valorizar o alimento que deu sustento e esperança aos imigrantes que aqui chegavam. Transformar a polenta em motivo de celebração é um orgulho imenso para nós, monte-belenses, pois, dessa forma, podemos reverenciar nossa autenticidade e apresenta-la para o turista que visita Monte Belo”, enfatiza.

Fonte: Leouve / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here