Um ciclo completo de 100 anos apresenta-se como um marco na existência de qualquer ser humano ou organização de significado coletivo. Em agosto de 2019, o Clube Esportivo Bento Gonçalves entrará para o seleto grupo daqueles que alcançam essa representativa idade. Para transmitir a grandeza dessa centenária caminhada, está em processo de produção o livro “Um século alviazul”, obra recheada de história para perpetuar fatos e homenagear personagens dessa admirável instituição esportiva diretamente ligada à evolução sociocultural de Bento Gonçalves e um dos mais importantes clubes do futebol gaúcho.

O jornalista Fabiano Mazzotti é o responsável pela edição, cujo lançamento está agendado para outubro de 2019. Ele produz a obra ao lado do comunicador Alceu Salvi Souto, autor do primeiro livro do Esportivo, escrito em 1996. Juntos, assumem o desafio de apresentar um volume moderno e democrático. Projetado para ser composto por, aproximadamente, 300 páginas, “Um século alviazul” pretende apresentar fatos a partir de uma cronologia histórica lógica disposta em um atraente lay-out. Fotografia e texto unem-se para emocionar torcedores e não apenas narrar acontecimentos.

Desejando reunir o máximo de informação possível e ciente do árduo trabalho assumido, Mazzotti espera sensibilizar a comunidade para contribuir na construção do livro.

“Queremos uma obra bem ilustrada, com imagens acompanhando histórias que comovem. Por isso, convidamos torcedores, ex-atletas ou dirigentes para entrar em contato conosco, pois podemos deixar de fora algum elemento importante por não conhecermos todos que passaram pelo Esportivo”, explica o jornalista, imaginando que as pessoas possam ter uma fotografia, um recorte de jornal ou outra recordação significante para ser impressa nas páginas desta esperada edição.

Uma sala no Parque Esportivo Montanha dos Vinhedos já serve de espaço para reunir materiais emprestados ou doados. Camisas antigas, fotografias de longa data e publicações desconhecidas ocupam as paredes brancas e são uma amostra do que vai estar no livro. Bilhetes da primeira edição da Loteria Esportiva, ocorrida em 19 de abril de 1970, quando o Esportivo figurou no concurso como adversário do Grêmio e venceu a partida por 1 a 0, originando a expressão “deu zebra”, é uma das relíquias que estão no ambiente de trabalho dos autores.

Além do livro histórico, também está sendo produzido uma obra estatística, cujo título é “Almanaque Alviazul”. De autoria de Gustavo Côrtes, o trabalho apresentará fichas técnicas de todos os jogos de futebol disputados pelo Esportivo ao longo de seus 100 anos de existência, bem como terá curiosidades como qual o maior artilheiro do clube ou atleta que mais vezes vestiu a camisa alviazul.

A produção do livro já conta com o patrocínio de 20 empresas. A comissão de produção do livro, cuja equipe é formada por Gilberto Durante, Luis Delano Ozelame e Jauri Peixoto, continua trabalhando na captação de recursos do projeto.

Os contatos para quem deseja contribuir com a elaboração o livro podem ser feitos com Fabiano Mazzotti pelo e-mail fabiano@fabifoto.com.br e pelo telefone celular (54) 9 9991 6778.

Fonte: Exata Comunicação / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here