As desavenças na família Gagliasso ganharam mais um episódio: em participação no programa SuperPop, na noite de quarta (20), Thiago Gagliasso abriu o jogo sobre a briga com Giovanna Ewbank, esposa de Bruno Gagliasso.

“Tudo começou com a hashtag #EleNão. Mesmo não tomando partido de nenhum candidato, eu fiz postagens falando que não concordava com aquele movimento. Achava limitador. Foi quando ela me mandou uma mensagem. Bruno disse que concordava com ela. Eu respondi e compartilhei. Eu não me arrependo, não. Quem fala o que quer, escuta o que não quer”, disse.

Em seguida, ele rebateu as acusações da cunhada de que seria sustentado por Bruno:  “O meu irmão me ajudou, sim. Ele ajuda muito nossa família. Assim como meu pai o sustentou durante anos. Se eu não puder contar com meu irmão, vou contar com quem?”, perguntou.

Ele disse que, depois do desentendimento, não viu mais o irmão. “Nunca mais eu a vi (Giovanna) e nem vi o meu irmão. Tenho saudade do Bruno de antes. Minha mãe sofre com isso. Nenhuma mãe quer ver isso, mas eu não tenho nem um pouco de vontade de falar com ele. Pensamos de formas muito diferentes, temos gostos diferentes. Não é o momento de voltarmos a nos falar”, disse.

Perguntado sobre a cirurgia recente do irmão, ele afirmou: “Ele é meu irmão. Mandei mensagem para ele, mas ele me bloqueou. Daí mandei mensagem através da minha mãe. Dentro do meu coração só tenho gratidão a ele. Mas ele se recusa a olhar para dentro dele para saber me perdoar e me respeitar”, finalizou.

Fonte: MSN / Foto: Reprodução

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here