A aromaterapia é realizada com base em óleos essenciais. Estes são extratos retirados diretamente de plantas por meio da destilação. Cada tipo possui uma fórmula, um objetivo e uma característica diferente.

Segundo a aromaterapeuta e criadora da marca Sacerdotisa Alquimia, Amanda Sérvulo, as plantas produzem substâncias que funcionam como mecanismo de proteção para atrair insetos polinizadores ou até mesmo repelentes. Dessa forma, é possível transmitir o mesmo efeito no ser humano por meio da inalação, massagem ou ingestão dessas substâncias.

Encontram-se no mercado vários tipos de aromas. Entre eles, os naturais e os produzidos em laboratórios. É possível diferenciá-los, pois a essência natural leva o nome de “óleo essencial”, enquanto que o sintético é denominado simplesmente de “essência”.

Conheça os benefícios de sete óleos essenciais:

1. Alecrim

O alecrim é extraído da planta inteira na florescência. Seu aroma com características herbal e levemente refrescante proporciona ação, movimento e mudança. Segundo a aromaterapeuta Lucia Verdin, ele funciona para força, autoconfiança e decisão. “Quando utilizado em massagens corporais tem função tônica, melhorando o sistema circulatório, a celulite, a musculatura e as articulações. Pode ser utilizado como um excelente anticaspa”, conta.

2. Eucalipto

Auxilia no sistema respiratório, é expectorante, melhora casos de rinite, sinusite, gripe, resfriado, congestão na nasal e ainda fortalece o sistema imunológico. O aroma é muito indicado para limpeza e purificação de ambientes, podendo ser utilizado em difusores.

3. Erva-doce

Tem propriedades calmantes, relaxantes e traz alívio ao estresse projetado no sistema digestório, no estômago e no baixo-ventre. “Age positivamente no sistema nervoso central”, afirma Lucia.

Seu aroma é doce como o do anis e proporciona alívio a desconfortos na região do tórax, agindo sobre os pulmões, os intestinos, o estômago e útero. Além disso, ajuda a controlar ansiedade, pode ser utilizado para regular o ciclo menstrual e no período da menopausa.

4. Laranja doce

Tem aroma cítrico e doce, e também ajuda a controlar a ansiedade. Permite equilibrar as emoções, aliviando inclusive o cansaço. Em massagens, combate à gordura localizada e a celulite. “A doçura no aroma cria um ambiente envolvente, aliviando medos infantis e noturnos, proporcionando segurança e conforto”, conta a profissional.


5. Lavanda

Este é um dos aromas mais conhecidos e tem característica floral doce, que acalma e tranquiliza imediatamente. É muito utilizado contra insônia, melhora a variação de humor e tensão nervosa. Excelente para cuidar de quem vive de forma muito acelerada, em uma correria constante, pois traz harmonia e aconchego. Também é indicado para tratar psoríase, aliviar cólicas menstruais e estomacais, tendinites, dores nos pés e nas costas, entre muitas outras aplicações.

6. Capim-limão

Seu aroma é cítrico e herbal. Ele cuida da boa memória e alcança a mente, trazendo concentração e criatividade para quem o usa. No ambiente proporciona foco, estimula o raciocínio de forma motivadora e energizante, além de desintoxicar e purificar. Em massagens corporais age na eliminação de líquidos indesejáveis, o que contribui para eliminar os inchaços e flacidez, ainda controla e combate a celulite.

7. Melaleuca

Este é um óleo de regeneração capaz de retomar o estado natural da saúde. Fortalece a imunidade, é bactericida, fungicida, cicatrizante, vermífugo e pode ser utilizado para tratar acne, caspa, candidíase, herpes, dores de ouvido e dente, furúnculos, calos, frieiras, micoses de unha e feridas nos pés. “É excelente para acabar com dores de garganta, basta fazer gargarejos algumas vezes ao dias e ficará livre da dor”, conta Lucia.

Fonte: RevistaCasaeJardim / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here