Em formato de cápsula, o transporte locomove pessoas e mercadorias a até 1.200 km/h com energia renovável.

A HyperloopTT quer implementar o primeiro transporte ultrarrápido do Brasil, entre Porto Alegre e Serra Gaúcha, no Rio Grande do Sul. A empresa inclusive já fechou parcerias com o Governo do RS e Eletrobras (para identificar possibilidades de construção da infraestrutura) e deseja expandir ainda mais a atuação no país. A iniciativa irá realizar a análise das condições ambientais, socioeconômicas e de retorno financeiro do investimento.

Em formato de cápsula que se movimenta por propulsão magnética, o transporte locomove pessoas e mercadorias a até 1.200 km/h com energia renovável. Parecido com um avião sem asas e turbinas, o hyperloop tem capacidade para até 50 passageiros e funciona em um ambiente de baixa pressão, o que permite que ele opere em alta velocidade com quase zero atrito.

“Os modais atuais têm pouca capacidade ou interesse em desenvolver inovações relevantes contra problemas crônicos como engarrafamento, poluição e experiência do usuário. Além disso, o aumento da população metropolitana traz a necessidade de modelos de transporte com conexão rápida de regiões marginais aos centros das cidades. A tecnologia inovadora, segura e sustentável da HyperloopTT proporciona esse dinamismo crucial para a vida moderna”, declara o diretor da HyperloopTT na América Latina, Ricardo Penzin.

Fonte: Mercadoeeventos / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here