Imagem: Divulgação

O Museu do Imigrante de Bento Gonçalves recebe, a partir do dia 9 de agosto, a exposição Giba Giba, O Guardião do Sopapo. A mostra, em itinerância, é realizada em parceria com o Museu Julio de Castilhos, instituição da Secretaria de Estado da Cultura, em co-realização com a MS2 Produtora de Sandra Narcizo.

A exposição apresenta uma panorâmica dos 73 anos de vida do artista Giba Giba, através de fotos de família, objetos de uso em suas rotinas pessoais, objetos cênicos e figurinos de apresentações, fotos do festival que reintroduziu o sopapo na cultura gaúcha – o Cabobu, o sopapo do Giba Giba e um vídeo do filho do músico, Eduardo Nascimento tocando o instrumento, entre outros elementos museográficos que apresentam a história e o pensamento deste protagonista afro gaúcho, agraciado pelo Prêmio Açorianos de Música de 1993.

De acordo com sua idealizadora, Sandra Narcizo, Giba Giba é uma personalidade negra, que por 60 anos resgatou, promoveu e tocou o SOPAPO, tambor, genuinamente gaúcho, que é hoje considerado Patrimônio Imaterial da Cidade de Pelotas e que ruma ao reconhecimento de Patrimônio Imaterial do Estado do Rio Grande do Sul. Giba Giba deixou um vasto legado, na arte e na história, ao resgatar a importância cultural do instrumento, culminando no festival CABOBU.

A exposição Giba Giba, O Guardião do Sopapo, em itinerância, será inaugurada no próximo dia 9 de agosto, às 19 horas, no Museu do Imigrante, R. Herny Hugo Dreher, 127 no Bairro Planalto em Bento Gonçalves, ficando disponível para visitação até 9 de setembro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here