O lançamento de O Baú dos Contos de Fadas revela o segredo das histórias dos Irmãos Grimm pelo olhar criativo da escritora Maristela Scheuer Deves

Era uma vez uma escritora que tinha avôs e bisavôs com os nomes dos Irmãos Grimm, Jacó (Jacob) e Guilherme (Wilhelm).

Os contos de fadas dos Irmãos Grimm atravessaram o rio do tempo encantando gerações. A escritora, quando menina na cidade de Pirapó, atravessava o rio Ijuí de balsa para se encantar com as histórias do Vovô Guilherme. E ali, na localidade de Rincão Vermelho, sentava com o avô à sombra de um enorme cinamomo para comer melancias e ouvir “causos”.

A casa do vô Guilherme era também o lugar de brincar com os primos e revirar baús. A delícia das sensações de acolhimento, liberdade e criatividade que acompanhavam a infância da escritora brincam de roda com os leitores de O Baú dos Contos de Fadas, o novo livro que Maristela Scheuer Deves está lançando no próximo dia 24 de agosto, das 10h às 13h, na livraria na Do Arco da Velha Livraria e Café.

“Todo mundo pergunta de onde vêm as histórias. Sempre achei muito curioso eu ter avôs e bisavôs com os nomes dos Irmãos Grimm e disto veio a ideia que fundamenta o livro. Existem muitas recriações dos contos de fadas e eu quis fazer a minha.”, antecipa Maristela, que desde criança gostava de recontar as histórias de um jeito que lhe agradasse mais.

No livro, é Vovô Guilherme quem sempre dá um jeito de modificar até mesmo os contos de fadas que todos conhecem e garante que “foi assim que tudo aconteceu”. A neta Leninha sonha ser escritora e adora as histórias do avô, mas acha que já está grande para acreditar nessas coisas. Um dia, entretanto, o avô vai revelar um segredo que vem de muito tempo e que mudará a ideia que Leninha tem das histórias.

O “Baú” traz também o gosto de “amor com açúcar” presente na relação do avô com a neta que, no futuro, se tornaria escritora. Dentro da própria história, Maristela encontra uma forma de homenagear o avô inspirador, falecido antes dela iniciar sua carreira.

O Baú dos Contos de Fadas é o sexto livro da jornalista e escritora Maristela Scheuer Deves. Antes vieram quatro livros dedicados ao universo infantil e infanto-juvenil – Os Deliciosos Biscoitos de Oma Guerta, Uma Cidade Desassombrada, O Sumiço das Bergamotas, O Caso do Buraco – e o romance policial “A Culpa é dos Pais”. A literatura infanto-juvenil é também tema de seu projeto de mestrado em Letras/Escrita Criativa, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

O livro “O Baú dos Contos de Fadas” conta com financiamento da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LIC) e apoio cultural das empresas Marcopolo e Banco Moneo. Ilustrações de Ernani Carraro e produção cultural de Cristina Nora Calcagnotto.

“Chapeuzinho Vermelho levando doces diet para a vovozinha? Bela Adormecida sendo acordada porque o príncipe não aguenta mais os seus roncos? De onde o vovô Guilherme tirava a ideia de modificar os contos de fadas? Era isso o que Leninha sempre perguntava, ao que o avô respondia: “Foi assim que tudo aconteceu”. Leninha achava graça. Afinal, contos de fadas são apenas histórias inventadas… ou não?”

SERVIÇO:
O BAÚ DOS CONTOS DE FADAS
Autora: Maristela Scheuer Deves
Data: 24 de Agosto – das 10h às 13h
Local: Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1570 – Centro, Caxias do Sul)
Valor: R$ 35,00
Financiamento: Lei Municipal de Incentivo à Cultura

Fonte: Infinita Comunicações / Fotos: Diogo Sallaberry

Autora: Maristela Scheuer Deves

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here