Caxias do Sul receberá neste sábado (27), a partir das 10h, o principal lançamento na temporada da marca líder nacional no segmento de motos esportivas. A Kawasaki desembarcará na cidade a Ninja ZX-6R 2020, único modelo de 600 cm3 à venda no país. A novidade estará disponível na M3 Parts (Rua João Nichele, 1921 – bairro Cinquentenário, Caxias do Sul), única autorizada da marca no interior do Estado.

Na loja, aberta em horário especial até as 14h, todos os detalhes de um produto de categoria Premium estarão ao alcance do público local – considerado estratégico pela montadora japonesa.

Dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo) revelam que a Kawasaki apresentou o maior crescimento em participação de mercado na comparação do acumulado de 2017 com 2018 (37,1%) entre todas as montadoras com vendas registradas no país. E já dispara, também, como a de maior crescimento no primeiro trimestre de 2019 (54,2%). A marca apresentou variação positiva nas vendas de todos os modelos produzidos em 2018, na comparação com o ano anterior.

Já o número de emplacamentos registrados pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave) aponta 20,81% de participação da Kawasaki entre os modelos de motos esportivas, no primeiro trimestre de 2019. O que corresponde à liderança nacional no segmento.

“A vinda da ZX-6R para Caxias do Sul significa um reconhecimento, por parte da Kawasaki, da importância do mercado da cidade e da região para o desempenho alcançado por eles em todo o Brasil. A Serra Gaúcha, o Vale do Sinos e outras áreas próximas são consideradas estratégicas pela montadora e, assim, têm a oportunidade de acessar rapidamente os lançamentos, além de contar com suprimento de peças e assistência técnica especializada permanente”, avalia o diretor da M3 Parts, Fernando Rossetti.

Atualmente, segundo dados da Fenabrave para emplacamentos no primeiro trimestre de 2019, o mercado de motos já corresponde a 28,6% do total da frota de veículos em circulação pelo país. São mais de 27 milhões de unidades – das quais, cerca de 1,28 milhão no Rio Grande do Sul, conforme números da Abraciclo no fechamento de 2018.


A 200km/h por menos de R$ 50 mil

Com preço inicial tabelado em R$ 49.990 (sem o frete), a ZX-6R 2020 chega reestilizada, apresentando novo sistema de iluminação em LEDs nos faróis e lanterna e novas funções no painel, que agora inclui marcador do nível de combustível. De olho na sustentabilidade, a máquina capaz de atingir 200km/h em poucos segundos também adota novo sistema de escapamento, a fim de reduzir as emissões de poluentes. O conceito traz ainda uma série de inovações inspiradas ou saídas diretamente das pistas de corrida, sob o endosso de Johnathan Rea, multicampeão do WSBK – o Mundial de Super Bike.

“São vários recursos de altíssima tecnologia, que começam lá nos laboratórios das equipes profissionais de competição e agora chegam às ruas em um produto Premium. É o caso do controle de tração (KTRC): três modos de atuação que cobrem uma ampla gama de condições, desde a pilotagem esportiva até as superfícies escorregadias. Outro exemplo é o sistema de câmbio quick shifter (KQS), que permite mudanças de marcha para cima, contribuindo para uma melhor performance. Ainda neste quesito, a nova embreagem atua tanto como limitadora do freio motor, quanto como um servo-mecanismo, que permite um acionamento mais leve no manete”, revela o diretor da M3 Parts, Fernando Rossetti.

A Ninja ZX-6R também é equipada com o exclusivo sistema ABS KIBS (antitravamento inteligente de frenagem), e pinças monobloco de montagem radial, poderosas e altamente rígidas, e discos frontais em aço inoxidável de 310 mm semiflutuantes, de diâmetro grande, que conferem alto poder de frenagem. Na traseira, leva um disco de 220 mm em formato de margarida.

Outro diferencial é o seletor de modo de potência, composto por três fases: Full, Middle e Low. O dispositivo permite que o condutor selecione a entrega de potência de acordo com sua preferência e condição. Se a escolha for pelo modo Full (curva de potência máxima), a entrega será no maior nível. Se a opção for pelo Low (curva de potência baixa), a máquina utilizará cerca de 60% da capacidade máxima.

Fonte: Dnfpress / Fotos: Divulgação Kawasaki

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here