O Grupo Heineken no Brasil lança oficialmente em São Paulo a Heineken 0.0, versão zero álcool da marca. Heineken 0.0 é destinada às pessoas que apreciam cerveja, mas não necessariamente os efeitos do álcool em determinados momentos do dia. Além disso, a novidade contém apenas 69 calorias por long neck – metade do valor calórico de Heineken original.

Criada em 2017, na Holanda, Heineken 0.0 é composta apenas de ingredientes naturais e produzida com a exclusiva levedura A, exatamente como a Heineken original. A novidade estará disponível inicialmente nos pontos de vendas parceiros de todo o estado de São Paulo a partir da primeira quinzena de julho.

Heineken 0.0 contará com produção nacional, na fábrica de Ponta Grossa (PR), e manterá a mesma receita já consolidada em mais de 50 países no mundo, como Estados Unidos, México, Reino Unido e Rússia.

A cerveja chegará ao mercado brasileiro mantendo a icônica embalagem verde, cor tradicional associada a garrafa de Heineken original, porém acompanhada de um rótulo azul – cor associada à categoria sem álcool no Grupo Heineken – e poderá ser encontrada nas opções de garrafas long neck (330 ml) e latas (350 ml).

“Heineken 0.0 chega ao mercado brasileiro para apresentar novas ocasiões de consumo de cerveja que até então não eram usuais, como na hora do almoço em dias úteis, durante o trabalho, antes de dirigir e até mesmo após a academia. Com Heineken 0.0, é possível degustar uma cerveja sem álcool, saborosa, puro malte e com o selo de qualidade Heineken. A novidade reforça o comprometimento do Grupo Heineken em oferecer produtos que promovam um estilo de vida equilibrado, já que Heineken 0.0 conta com apenas 69 calorias por long neck”, comenta Guilherme Retz, gerente da marca Heineken no Brasil.

Até o fim de 2020, Heineken 0.0 será disponibilizada em todo o país e terá um importante papel para a Heineken no Brasil, contribuindo para uma tendência global que gira em torno do consumo equilibrado de álcool.

Fonte: Engarrador / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here