Tradicionalmente a época de poda das videiras na Serra Gaúcha é no final do inverno. Nessa estação as plantas já apresentam o famoso “choro” após o corte dos sarmentos.

Este fluxo de líquido adocicado indica que as raízes já estão ativas e absorvendo água do solo. Portanto, como as plantas ainda não têm folhas para perder essa água, a pressão de água nos ramos aumenta e é eliminada.

Esse “choro” não causa nenhum prejuízo às plantas. Sendo apenas um indicativo de que elas já estão prestes a brotar, em resposta ao aumento de temperatura no final do inverno e início da primavera.

Além disso, a poda realizada nesta etapa pode favorecer o fluxo de açucares e hormônios da raiz para a parte aérea, irá induzir as gemas a brotar.

Quando a poda é realizada antecipadamente, no outono ou início do inverno, isso não acontece. Isso se dá porque na condição de temperaturas mais baixas no solo, as raízes estão dormentes em conjunto com a parte aérea. Mesmo após o corte, portanto, a planta não irá brotar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here