Hoje conhecido pelo ar bucólico, vinícolas, florestas, casas rústicas de pedra, degustações e restaurantes, o Caminhos de Pedras (Bento Gonçalves) guarda, em seus 12 km de extensão, indícios marcantes da chegada dos imigrantes italianos à Serra, na metade do século 19.

Com sonhos e promessas de terra férteis, renda e conforto, as famílias encontraram outra realidade: as terras ficavam nas encostas dos morros, com mata fechada, sem estrutura nem ferramentas e condições precárias.⠀

Escolhemos um fato marcante e que alguns talvez não conheçam: por dois anos, a família de Giuseppe Dall’Acqua viveu em uma árvore oca chamada de Maria Mole ou Umbu, que os protegeu do frio, chuva e sol enquanto o casarão de pedra – hoje o restaurante Nona Ludia- era construído (a obra terminou em 1880).⠀

Os bebês eram colocados nos galhos mais altos enquanto as mães estavam ocupadas com outros afazeres e temiam que animais selvagens os atacassem. O tronco da árvore é oco e um homem adulto pode ficar em pé. Ela pode ser visitada ainda hoje.⠀

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here