Depois de dois meses de trabalho, entre setembro e outubro, será aberto à exposição no próximo sábado (31), às 9h, na EMEF Presidente Tancredo de Almeida Neves, no Bairro Santa Fé, o mural criado pelo grafiteiro caxiense Augusto Bazzo, do Studio Gutera. O trabalho mobilizou o artista e alunos da escola na primeira edição do projeto Da Semente ao Risco.

Trabalhando oficinas teóricas e práticas sobre o graffiti, o projeto Da Semente ao Risco mobilizou os estudantes da escola em atividades de estudo e criação. O projeto visa contribuir na formação de público para arte urbana e na democratização e descentralização de acesso à cultura. A proposta é também ocupar os espaços da comunidade com arte, dando visibilidade a arte popular urbana, materializada através do graffiti e proporcionando um espaço de aprendizado e de apropriação da cultura enquanto articuladora de outros saberes, fazendo com que a comunidade sinta-se inserida dentro do circuito cultural da cidade.

Participaram das oficinas alunos que integram do sexto ao nono ano de formação, que descobriram um m pouco mais sobre o universo da arte urbana e puderam colocar em prática os seus novos conhecimentos.

Gutera, como é conhecido o grafiteiro Augusto Bazzo, atua na cena das artes urbanas de Caxias desde 2006 com projetos e exposições, trabalhando com pinturas em telas, customização em roupas e calçados utilizando projetos de street art e graffiti. Participou de vários eventos de graffiti em Caxias e região em mostras individuais e coletivas. Ele estima a inserção em mais de 300 projetos executados com técnicas de street art e realismo em diversas cidades gaúchas e do Brasil, além de outros países. Além disso, Gutera realiza anualmente em torno de oito oficinas de graffiti em escolas municipais da Região da Serra Gaúcha e com Menores Infratores.

O Projeto Da Semente ao Risco tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Caxias do Sul.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here