Quinteto de Metais

Junho chega com mais uma etapa da terceira edição do projeto Forqueta Cultural. A programação segue com cinema, gastronomia, filó, show na praça central e atividades em outros pontos do bairro de sexta a segunda-feira (3 a 6). A realização é do Ponto de Cultura Costurando Sonhos e da Varsóvia Educação e Cultura.

Neste mês, a programação começa com um clássico do cinema italiano, “A Estrada da Vida”, de Fellini, estrelado por Giulietta Masina. O filme é destaque sexta, às 19h30min, na sessão de cinema acompanhado de sabores da gastronomia italiana, desta vez com degustação de Nhoque com Salame.

No sábado as atividades começam às 14h no Ponto de Cultura Costurando Sonhos com visita guiada ao Museu da Uva e do Vinho Primo Slomp, seguida de exibição do filme infantil “Dolittle”. Depois, às 16h, na Praça de Forqueta, tem apresentação musical do Quinteto de Metais da Banda Marcial Cristóvão de Mendoza.

Domingo, às 15h, é a vez da comunidade da Capela São João sediar o Filó Comunitário com o Grupo de Filó Felice Personne e a participação especial do Grupo Choros de Balcão, que vai tocar chorinho e música popular brasileira.

Na segunda-feira, fechando a programação de junho do Forqueta Cultural, às 14h30min, na Escola Padre Vicente Bertoni, da comunidade de São Roque, tem Cinema na Escola com a exibição do clássico “Dumbo”, da Disney.

Com essa diversidade de ações, o Forqueta Cultural pretende contribuir para a valorização histórica e cultural de um dos bairros mais importantes de Caxias do Sul. Busca-se ainda a formação de público para arte, com a democratização e descentralização de acesso à cultura e com a ocupação de espaços da comunidade para a prática da convivência social através da apreciação artística.

FORQUETA CULTURAL – PROGRAMAÇÃO DE JUNHO/2022

Dia 03/06 (sexta-feira)
19h30min no Ponto de Cultura Costurando Sonhos:
Cinema com nhoque: “A Estrada da Vida” e degustação de Nhoque com Salame

Dia 04/06 (sábado)
14h no Ponto de Cultura Costurando Sonhos:
Visita ao Museu da Uva e do Vinho Primo Slomp
– Cinema Infantil: “Dolittle”
16h na Praça de Forqueta
Apresentação Musical: Quinteto de Metais da Banda Marcial Cristóvão de Mendonza

Dia 05/06 (domingo)
15h – na Capela de São João:
Filó Comunitário com o Grupo de Filó Felice Personne
Participação Especial: Choros de Balcão (choro e MPB)

Dia 06/06 (segunda-feira)
14h30 na Escola Padre Vicente Bertoni (Comunidade de São Roque)
Cinema na Escola: “Dumbo” (1941)

FORQUETA CULTURAL – SINPOSES DOS FILMES 
A ESTRADA DA VIDA – (Frederico Fellini – 1954 – 115 min.)
Gelsomina (Giulietta Masina) é vendida pela mãe para o brutamonte Zampanò (Anthony Quinn), estrela de um número em que arrebenta correntes amarradas em seu corpo. A jovem auxilia Zampanò e passa a também ser apresentar como palhaça, seguindo o estilo de Chaplin. A garota é constantemente maltratada pelo homem, que ainda a agride sempre que tenta fugir. Quando os dois se juntam a um circo, Gelsomina fica encantada com Bobo (Richard Basehart), provocando ciúmes em Zampanò.

DOLITTLE – (Stephen Gaghan – 2019 – 112 min.)
O Dr. Dolittle (Robert Downey Jr) vive com uma variedade de animais exóticos e conversa com eles diariamente. Quando a jovem rainha Victoria (Jessie Buckley) fica doente, o excêntrico médico e seus amigos peludos embarcam em uma aventura épica em uma ilha mítica para encontrar a cura.

DUMBO – (Walt Disney – 1941 – 64 min.)
Quando a cegonha chega para entregar os bebês às suas mães no circo, a senhora Jumbo se depara com uma surpresa: seu pequeno Jumbo Jr. tem orelhas grandes demais para um elefante recém-nascido. Logo que os outros animais o vêem, começam a zombar dele, o que leva a mamãe elefanta à ira, e os domadores do circo decidem confiná-la. Ridicularizado e sozinho, Jumbo Jr. ganha o apelido de Dumbo (estúpido na gíria americana) e com a ajuda de um amigável ratinho, ele descobre que graças as suas enormes orelhas pode voar.

NHOQUE COM SALAME – Receitas da Nona Severina com sabor das memórias afetivas
Moradora de Forqueta, Nona Severina foi filha de imigrantes italianos, mãe de sete filhos e esposa do nono Angelo. Conhecia muito bem a alquimia dos alimentos da colônia. Iguarias como a carne de porco, a banha, a galinha de cor bem amarela, os ovos da gema quase vermelha, as saladas. Enfim, uma alimentação 100% produzida pela própria comunidade.
O alimento foi a maior conquista dos imigrantes italianos. Conquistar a casa, a terra e a comida foram as grandes vitórias de centenas de famílias de imigrantes italianos que aqui chegaram. Sua mesa saborosa e farta é o símbolo de que aqui construíram seus lares e venceram! Essa história se passa com certeza, pelas mãos de muitas mulheres, como Nona Severina e seus infinitos saberes e sabores.

VISITA GUIADA AO MUSEU DA UVA E DO VINHO PRIMO SLOMP
Trata-se de um passeio mediado pela monitoria do Museu, no qual o visitante conhece mais sobre a produção de uva e vinho da região, bem como se informa um pouco mais sobre a história de nossa comunidade. Localizado em parte da edificação da Cooperativa Vitivinícola Forqueta, o Museu da Uva e do Vinho Primo Slomp possui uma exposição que reúne peças, objetos, utensílios e equipamentos que demonstram a fase artesanal da fabricação do vinho em Caxias. Foi criado em 2002 por meio de uma parceria entre a cooperativa e a Secretaria Municipal de Cultura.

MÚSICA NA PRAÇA
QUINTETO DE METAIS DA BANDA MARCIAL CRISTÓVÃO DE MENDONZA
Fundada em 1965, a Banda Marcial Cristóvão de Mendoza é uma das tradicionais corporações musicais ainda em atividade no Rio Grande do Sul. Nas décadas de 70 e 80 se destacava em grandes paradas, desfiles cívicos e concursos estaduais e nacionais tendo como título de maior expressão o primeiro lugar no Concurso Nacional de Bandas de Fanfarras da Rádio Record, na cidade de São Paulo. Vinculado ao Instituto Estadual de Educação Cristóvão de Mendoza, o grupo conta com a participação ativa de alunos, pais, ex-alunos e músicos da comunidade caxiense provenientes de outras bandas, além de or questras e projetos culturais da cidade e região relacionados a musica. Atualmente, além dos desfiles e festivais, com sua formação estilo “brass band” britânica o grupo se dedica aos concertos em teatros, parques e praças com um repertório diversificado visando uma maior aproximação com o público. A condução é de Antônio Roberto de Jesus Filho.

FILÓ COMUNITÁRIO – CAPELA DE SÃO JOÃO
O Filó Comunitário é a comunidade em Festa. Encontro comunitário onde os próprios moradores são os artistas. As pessoas levam seus instrumentos e figurinos e apresentam seus dotes artísticos de forma descontraída e informal. Também reúne a gastronomia do local.

GRUPO FELICE PERSONNE
Formado por pessoas da comunidade de Forqueta, o Felice Personne é um grupo que se dedica à cantoria de músicas da tradição da colonização italiana, destacando-se também por sua vivacidade e animação no contato com o público em seus tradicionais filós, sempre marcados pela fartura da culinária regional.

CHOROS DE BALCÃO
Grupo caxiense de choro brasileiro, formado por Beto Scopel (trompete), Leonardo Reis (percussão), Rafael De Boni (acordeon) e Rafael Diniz (violão 7 cordas). Criado em 2013, busca resgatar o repertório do choro tradicional em uma configuração de apresentação em formato de show e roda de choro, e também apresenta repertório voltado ao Samba Raiz.

Fonte: Assessoria de Imprensa / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here