A Escola Municipal de Ensino Fundamental Tancredo de Almeida Neves, do bairro Santa Fé, Caxias do Sul,  é a contemplada do Projeto Escolas 2019/2021, da Fundação Marcopolo. A revelação aconteceu na manhã desta quarta-feira (20/02), com a visita da equipe da instituição ao colégio.

Escolhida dentre as 47 escolas inscritas, a Tancredo destacou-se pela direção e corpo docente estarem prontos para receber o trabalho que será desenvolvido pela Fundação. Trabalho esse que vai muito além de questões estruturais, que são obrigação do Estado, conforme destaca a analista de responsabilidade social da Fundação Marcopolo, Creice Arse. “O Projeto Escolas existe desde 2003, contemplando instituições que queiram fazer a diferença, independente das possibilidades. Prezamos por comunidades escolares participativas e dispostas a mudar, que tenham o engajamento e o comprometimento como prioridades”, ressalta.

Comprometimento esse demonstrado como forma de gratidão pelo diretor da escola Tancredo Neves, Vagner Peruzzo, que ressalta a expectativa pelo trabalho que será desenvolvido pela Fundação Marcopolo na escola que preza pelo o acolhimento, o respeito e gentileza, pilares para uma administração de sucesso. “A prioridade é vocês (Fundação Marcopolo) estarem conosco olhando e ajudando a qualificar nossa escola. Sejam bem-vindos e venham trabalhar conosco!”, enfatiza.

Todo o engajamento vai ao encontro do objetivo proposto pelo Projeto Escolas em 2019, com foco no suporte pedagógico, para possibilitar condições de aprendizado e desenvolvimento iguais a todas as crianças, que independentemente da região onde morem, devem sentir-se pertencentes à cidade.

Segundo o diretor-executivo da Fundação Marcopolo, Alberto Calcagnotto, a comunidade escolar da Tancredo pode esperar mais do que visitas à Marcopolo ou de profissionais da empresa que irão até a instituição para servir de inspiração e motivação para a vida dos estudantes. Serão anos de transformações na vida de toda comunidade escolar nesse processo. “Quando a escola melhora, tudo melhora. Da aprendizagem à segurança, dando ênfase também à conscientização, queremos torná-la o centro da comunidade, o centro que vai desenvolver esse local”, afirma.

Entre as primeiras ações previstas estão reuniões pedagógicas com palestrantes e atividades no turno contrário da escola, como orquestra jovem, coro, futsal e basquete. Na parceria com o Sesi (Serviço Social da Indústria) estão garantidas as aulas de teatro, violão e artes visuais.

As atividades da Fundação Marcopolo junto à Escola Rosário, contemplada em 2018, permanecem até 2020, sendo que ambas instituições de ensino contarão com atividades culturais, esportivas, profissionalizantes e de recreação.

Conheça as instituições que já foram contempladas:
– Escola Estadual de Ensino Médio Irmão José Guerini (2003);
– Escola Estadual de Ensino Médio Raquel Grazziotin (2004);
– Escola Municipal de Ensino Fundamental Dario Granja Sant’Anna (2005);
– Escola Municipal de Ensino Fundamental Guerino Zugno (2006 e 2007);
– Escola Municipal de Ensino Fundamental Ester Benvenutti (2008);
– Escola Municipal de Ensino Fundamental São Vicente de Paulo (2008 a 2014);
– Escola Municipal de Ensino Fundamental Rubem Bento Alves (2010 a 2015)
– Escola Municipal Ensino Fundamental Professora Marianinha de Queiroz (2009 a 2017);
– Escola Municipal de Ensino Fundamental Rosário de São Francisco (2018 e 2019).

Fonte: Adri Silva Agência de Conteúdo / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here