A Universidade de Caxias do Sul é parceira do Instituto Arte na Escola (Polo Arte na Escola UCS) e há anos oferece formação continuada de professores em grupos de estudo, incentivando professores a registrar seus projetos como reconhecimento de suas práticas.

Neste ano, o trabalho desenvolvido pela Professora Milene Albani Petró junto à Escola Municipal de Ensino Médio Alfredo Aveline, de Bento Gonçalves é o vencedor do XX Prêmio Arte na Escola Cidadã, iniciativa nacional que valoriza o trabalho pedagógico do professor com projetos que tenham como foco a educação com qualidade através da arte.

O projeto vencedor Cildo Meireles – Nosso Circuito Ideológico, desenvolvido em 2018 com os alunos da terceiro ano do ensino médio, na disciplina de Arte pela professora, conquistou o primeiro lugar nacional na categoria ensino médio.

A cerimônia de premiação do XX Prêmio Nacional Arte na Escola Cidadã, promovido pelo Instituto Arte na Escola será no dia 27 de novembro de 2019, no SESC Consolação (Teatro Anchieta) em São Paulo.

O tema surgiu a partir da análise das obras de Cildo Meireles, escultor e pintor brasileiro. Conhecido internacionalmente, Cildo cria os objetos e instalações que conduzem o expectador a uma experiência sensorial completa, questionando, entre outros temas, a ditadura militar no Brasil (1964 – 1985) e a dependência do país na economia global.

Conforme a professora Milene, idealizadora do projeto, o artista conduz muito bem a relação entre arte e cotidiano, sobretudo com objetos de grande circulação, utilizados no cotidiano – como é o caso das cédulas de dinheiro.

“Ao conhecerem o trabalho de Cildo Meireles, os estudantes demonstraram interesse em se aprofundar sobre as ideias do autor, o que me fez refletir em uma proposta que os fizessem pensar na atualidade, desenvolvendo competências e habilidades a partir da realização da ressignificação estética a partir da obra do artista.”

Dessa maneira, o trabalho teve como objetivo geral levar os alunos envolvidos à compreensão sobre o conceito de circuito de arte, além de ensinar pela vontade de conhecer novos conceitos sobre arte e suas relações com a cultura.

“Foi gratificante perceber o quando os alunos se dedicaram a entender melhor as relações de pensamento entre arte, valor, dinheiro, circulação de ideias. A sala de informática foi o local ocupado por eles para a realização de pesquisas sobre o tema. Mas o trabalho também se ampliou extraclasse e as cédulas “artísticas” criadas por eles, também circularam fora da escola.”

Os professores premiados receberão 10 mil reais, certificado de participação e uma formação pedagógica em arte em São Paulo. As escolas premiadas também recebem prêmios. Na cerimônia de premiação, serão lançados os documentários gravados pela Equipe do Instituto Arte na Escola, e disponibilizados em canal online para a divulgação dos projetos premiados.

Nesta edição, puderam se inscrever professores que desenvolveram projetos em Artes Visuais, Dança, Música e/ou Teatro, entre 2017 e maio de 2019, em escolas de ensino regular, públicas ou particulares.

UCS promove qualificação de processos educacionais em Arte
O Prêmio Arte na Escola Cidadã é uma promoção do Instituto Arte na Escola, que, desde o ano 2000, busca identificar, reconhecer e divulgar projetos exemplares na área de Arte em sala de aula. A UCS é um dos pólos dessa rede. Mantido pela Fundação Iochpe, o Polo Arte na Escola UCS existe desde 2003, no Campus 8, com a finalidade de contribuir com a qualificação de processos educacionais em Arte, atuando na mobilização de redes públicas, municipais e particulares de ensino. Nesse sentido, tem fundamental importância o trabalho pedagógico do professor com experiências educativas de qualidade no ensino de arte.

Como contextualiza a coordenadora do Polo Arte na Escola UCS, professora Sinara Maria Boone, o Polo atua na capacitação de professores por meio da oferta de ações de educação continuada e da disponibilização de materiais dos acervos da DVDTeca e da Midiateca do Arte na Escola, estruturas que integram a Área do Conhecimento de Artes e Arquitetura da Universidade.

“Nossa preocupação está em oferecer oportunidades de atualização para qualificar o ensino da arte. O Programa destina-se a escolas, museus, secretarias de cultura, associações culturais e comunitárias e professores. O trabalho tem resultado na integração de professores e escolas e em inúmeras experiências de qualidade em educação nos últimos anos e é uma alegria para nós termos um Projeto de Ensino da Arte Premiado nacionalmente. É o reconhecimento de que a Arte e Educação de Qualidade existe e deve ser incentivada.”

Conheça todos os vencedores: http://artenaescola.org.br/premio/2019/resultados/

Fonte: Área de Imprensa e Mídias Digitais / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here