Dia do Profissional de Educação Física: Como manter-se em movimento sem sair de casa

0
233

Nesta terça-feira, dia 1º de setembro, é comemorado o Dia do Profissional de Educação Física. A celebração acontece nessa data por coincidir com a instituição da Lei Federal nº 9696, de 1º de setembro de 1998, que regulamentou a profissão de Educação Física.

Existem diversas categorias de trabalho dentro da área da Educação Física. O profissional pode ser professor, treinador, preparador físico, personal trainner, técnico desportivo e de esportes, entre outras funções.

“O profissional de Educação Física, assim como vários outros profissionais da saúde, são os responsáveis por estimular hábitos saudáveis para as pessoas, contribuindo para o desenvolvimento da qualidade de vida da sociedade”, explica a professora de educação física Ana Paula Andriguetti.

A equipe do Portal Leouve conversou com a profissional sobre temas relevantes para o momento atual, como a importância de manter-se em movimento mesmo durante a pandemia e que tipos de exercícios podem ser feitos sem sair de casa.

“Permanecer em movimento e praticar atividades e exercícios físicos é importante durante toda nossa vida, e durante a pandemia não seria diferente”, comenta. “Para quem já realiza atividades físicas habitualmente, o desafio é se reinventar, e para quem nunca praticou, mas durante o isolamento percebeu a necessidade do exercício, o desafio é iniciar a prática e desenvolver uma rotina”.

Para facilitar a vida do leitor, a profissional separou algumas dicas de exercícios que podem ser praticados em casa sem a necessidade de muitos materiais.

Exercícios sem sair de casa

1. Alongamentos
2. Abdominais
3. Pular corda
4. Pilates
5. Dança

“Lembrando que é necessário sempre respeitar faixas etárias e o perfil físico de cada pessoa”, ressalta. “Como o espaço domiciliar é reduzido, alguns cuidados também são importantes, como o afastamento de móveis para evitar acidentes”, conclui.

Conquista

Foi publicada no Diário Oficial da União da última sexta-feira, dia 28 de agosto, uma resolução que reconhece que o profissional de Educação Física possui formação para intervir em contextos hospitalares, em níveis de atenção primária, secundária e/ou terciária em saúde, dentro da estrutura hierarquizada recomendada pelo Ministério da Saúde e considerando o SUS.

No contexto hospitalar, o profissional poderá executar trabalhos, programas e projetos nas áreas de atividades físicas e do exercício físico, destinados ao tratamento e cuidados da saúde física e mental, na área específica ou de forma multiprofissional e/ou interdisciplinar.

A Educação Física não faz parte apenas de treinar o corpo, mas também a mente. Por isso, parabéns a todos os profissionais da área! Continuem fazendo o excelente trabalho de auxiliar a sociedade a manter-se saudável, física e mentalmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here