Sim. Com a carga adequada, diversos exercícios físicos podem ajudar a desenvolver os músculos. Entre eles estão modalidades como crossfit, treino funcional e calistenia —que têm exercícios com o peso do corpo, como barra fixa e flexão de braços. Além disso, até mesmo funções diárias podem ajudar na manutenção e ganho de massa magra, como subir escadas ou capinar um jardim —mas isso depende muito do tempo e esforço investido nessas atividades. Já pessoas que realizam trabalhos mais movimentados, carregando peso, também podem conseguir manter e melhorar o tônus muscular.

Aprimorar a força e a massa musculoesquelética traz um benefício e tanto para a saúde do organismo. A começar, porque ajuda a manter a postura corporal e a realizar atividades básicas com maior rapidez e sustentação, como sentar e levantar de uma cadeira. Ter um bom percentual de massa muscular ainda melhora a regulação hormonal e proteica do corpo, ao liberar, entre algumas substâncias, uma chamada IGF-1. Ela ajuda, e muito, na parte cognitiva e na memória. E se a ideia for manter a massa muscular, também é preciso seguir com a planilha de treinos. Lembrando que a frequência e a intensidade dos exercícios devem ser indicadas por um profissional de educação física.

Outra dica que pode ajudar bastante na melhora ou na manutenção do tônus muscular está nos alimentos ingeridos todos os dias. Afinal de contas, com o aumento de gasto energético, é de extrema importância manter um aporte alimentar que dê esta sustentação ao corpo. Uma dieta saudável, com aporte adequado de proteínas, carboidratos e gorduras, vai dar o equilíbrio para este ganho e suporte da força e massa muscular.

Porém, é importante saber que a alimentação sozinha não aumenta o tônus muscular. É necessário praticar alguma atividade física. Já a falta de uma dieta saudável prejudica muito o ganho de músculos. Assim como não ter uma boa noite de sono também pode interferir nos resultados. Isso porque, dormir menos do que o corpo precisa faz perder massa magra e ajuda a engordar, além das outras consequências que envolvem a restrição e a privação do sono. Portanto, o combo perfeito para melhorar a força e a musculatura do corpo é: praticar exercícios físicos (de qualquer espécie, não somente a musculação), ter uma dieta equilibrada e saudável e dormir regularmente.

Fonte: VivaBem / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here