Uruguai continua com o ciclo de desafios gastronômicos aos chefs brasileiros. A próxima receita a ser reproduzida será o alfajor no dia 22 de julho, quarta-feira, às 19h.

Uma das receitas mais típicos do vizinho ganhará forma pelas mãos do chef brasileiro Ricardo Daudt, nascido em São Leopoldo (RS) e atualmente morador da capital paulista, foi o vencedor da 4ª temporada do programa de confeitaria BAKE Off, transmitido pelo SBT em 2018, que aceitou o desafio proposto por Lucas Fuente, diretor gastronômico do espaço de cozinha participativa – La Obrería, em Montevidéu.

O alfajor é de origem árabe e foi adotado no Rio da Prata e melhorado com doces originais da região como o doce de leite. É muito provável que tenha chegado da Espanha pela mão de imigrantes andaluzes. Com a chegada dos espanhóis à América, este produto foi introduzido na região, especialmente pelas comunidades religiosas que foram estabelecidas para a missão e evangelização.

Nas Províncias Unidas do Rio da Prata foi introduzido em meados do século XIX, sendo um de seus pioneiros o francês Augusto Chammás, que chegou a essas margens em 1840, e em 1869 fundou uma pequena indústria familiar dedicada à confeitaria, entre elas o alfajor. A inovação introduzida por Augusto consistiu em fazer o alfajor na forma redonda. No Uruguai, a indústria do alfajor está centralizada nos departamentos de Lavalleja, Maldonado e Montevidéu.

Sobre Ricardo Daudt
Empreendedor e apaixonado por confeitaria, aos 41 anos, Ricardo Daudt se destacou como um dos melhores confeiteiros do país, quando em 2018 foi o grande campeão da 4ª temporada do programa BAKEOFF, reality show transmitido pelo SBT. Ricardo já demonstrava seu dom nos almoços de família auxiliando a mãe nos preparativos das sobremesas. Ainda, em São Leopoldo, alguns anos depois abriu a empresa Flor de Açúcar, especializada em doces finos e bolos com coberturas em pasta americana. Morando em São Paulo atualmente, é um dos confeiteiros mais solicitados para ministrar cursos e palestras no Brasil, além de ter lançado seu próprio livro de receitas “Confeitaria Sem Mistérios”.

Sobre Lucas Fuente
Lucas Fuente é chef confeiteiro e atua dentro do universo gastronômico há 16 anos. Formado, principalmente pelo argentino Osvaldo Gross e o espanhol Oriol Balaguer, trabalhou em diversos restaurantes e hotéis 5 estrelas de Buenos Aires e renomados restaurantes do Rio de Janeiro. Em 2013, se estabeleceu em Montevidéu para fundar a fábrica de chocolate “Volverás a mí”, localizada na Ciudad Vieja (Pérez Castellano 1461) famoso bairro da capital uruguaia. “Comecei a cozinhar comida salgada, mas a vida e o amor à pastelaria me conquistaram e hoje me dedico apenas a isso. Além da confeitaria, eu adoro chocolate, comer e trabalhar com chocolate”, diz o chef em entrevista ao jornal uruguaio El País. Em 2015 passou a participar de programas de televisão do país, em 2016 começou a dar aulas e ministrar cursos em diferentes workshops de cozinha itinerante, tanto no Uruguai como na Argentina. Atualmente é diretor gastronômico do La Obrería, que é apresentado como o primeiro espaço de cozinha participativa no Uruguai.

Receita ao vivo no dia: https://www.instagram.com/uruguainatural/ 

Fonte: Ministeriodoturismo / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here