A pandemia de Coronavírus que vem assolando o mundo desde 2020 tem sido muito desafiadora para as mais diferentes áreas sociais, exigindo uma série de habilidades e práticas para enfrentar a necessidade de cuidar de si e dos demais. Com esse contexto que afetou todos os setores, a Biblioteca Pública Castro Alves vem oferecendo medidas para melhor atender o seu público para que este não fique sem o seu principal produto: o livro.

Pioneira no Estado e segunda a nível nacional, a instituição adquiriu no ano passado a Biblioteca Digital que possui um acervo de mais de 30 mil títulos em formato e-book de gêneros como infantis, infantojuvenis e adultos em vários idiomas, além de jornais e revistas do mundo todo. O acesso à plataforma é gratuito e destinado livremente a toda a população residente em Bento Gonçalves por meio do site e do aplicativo Árvore dos Livros.

A Biblioteca Pública destaca que os livros mais retirados digitalmente são os que estão disponíveis em forma física como: “O conto da aia”, de Margareth Atwood, “Dom Casmurro”, de Machado de Assis, “As vantagens de ser invisível”, de Stephen Chbosky, “O pequeno príncipe”, de Antoine de Saint-Exupéry, “O alquimista”, de Paulo Coelho, “Crime e castigo”, de Fiódor Dostoiévski, “Capitães da areia”, de Jorge Amado.

A professora da EMEF Vânia Medeiros Mincarone, Fabiane Sassi Caio, soube por meio das redes sociais que a Biblioteca Municipal teria o acervo digital. Ela entrou em contato com a equipe da instituição, pois queria oportunizar aos seus alunos a leitura de bons livros: “como as aulas estão online, as bibliotecas não estão sendo acessadas, precisava buscar uma forma de continuar estimulando a leitura e escrita”.

Assim, além da acessibilidade os alunos puderam conhecer a plataforma e explorá-la descobrindo as versões digitais dos títulos que trabalham na área da Literatura, no caso os do escritor Caio Ritter, e de seus livros favoritos. “Muitos não estão saindo de casa e às vezes as condições financeiras não estão favoráveis, e essa é uma opção que favorece e inclui todos no seu direito de acesso à cultura e educação”, ressalta a professora Fabiane.

Como se associar:
– Envie um email para bibliotecadigitalbg@gmail.com
– O email deve conter a foto de um documento, e de um comprovante de residência.
Dentro de um dia útil a pessoa receberá um email com a confirmação de inscrição e um tutorial de acesso.

Fonte: Assessoria de Comunicação Social / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here