Uma das atividades que contribuem para o sucesso do setor produtivo é a viticultura, essencial para produção de suco de uva, cada vez mais consumido no país. “A produção de uvas tem sido importante para o Brasil, como mostra o aumento do consumo de suco, que era de 15 milhões de litros há 15 anos e hoje é de 90 milhões de litros/ano. Isso sem dizer que, além de ser consumida in natura, a fruta é matéria-prima para excelentes vinhos de origem nacional, outro segmento que vem ganhando destaque no mercado nacional”, destaca Rober Casaril, analista de mercado da Belgo Bekaert Arames.

O Brasil produz, em média, 1,5 milhão de toneladas de uva por ano. Metade dessa produção é destinada à produção de suco. Cerca de 52% da safra (cerca de 800 mil toneladas) estão no Rio Grande do Sul. A região da Serra Gaúcha desponta como potência tanto pela qualidade como pela qualidade das frutas colhidas.

“As videiras da Serra Gaúcha têm como característica o equilíbrio em acidez e concentração de açúcares, fatores essenciais para derivados de maior qualidade”, explica Casaril.

A Belgo Arames também contribuí para a produtividade da viticultura, com arames galvanizados de qualidade e alta durabilidade nas parreiras, de fácil instalação e manuseio. A linha de produtos da empresa oferece excelente relação custo-benefício para os produtores rurais, contribuindo para a sustentabilidade do negócio em tempos de crise.

“Para a viticultura, oferecemos dois tipos de arames: o Belgo Frutifio e o Belgo ZZ-700 Bezinal, com resistências mecânicas de 500 e 700 quilogramas-força (kgf), respectivamente. Os dois produtos têm galvanização pesada. No caso do Belgo ZZ-700, há também a presença de alumínio na composição, tornando o arame ainda mais durável”, finaliza Rober Casaril.

Fonte: Texto Assessoria / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here