O Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras, considerado o maior circuito literário do Brasil, será lançado nos dias 18 e 19 de março em um seminário, que será transmitido pelo canal SescBrasil no YouTube (www.youtube.com/SescBrasil). O evento reunirá grandes nomes da literatura nacional, como o jornalista e ativista indígena Ailton Krenak.

Pelo segundo ano, todo o circuito ocorrerá em formato on-line em função da pandemia da Covid-19. Cerca de 40 escritores, poetas, contadores de histórias, entre outros, participarão do projeto que busca promover a literatura nacional por meio de leituras, debates, oficinas e contação de histórias. A programação do circuito terá início no dia 22 de março, se estenderá até dezembro e será transmitida pela página do projeto no Facebook (www.facebook.com/artedapalavrasesc). Essa é a quinta edição do Arte da Palavra.

“O interesse pela produção literária no Brasil está em alta, mas é preciso manter uma agenda permanente de intercâmbio entre escritores e leitores”, explica o gerente de Cultura do Departamento Nacional do Sesc, Marcos Rego. “Nessa troca, precisamos considerar também as diferentes formas de leitura, que ultrapassam os limites das publicações impressas. Estamos falando de leituras orais, performances e da disseminação de eventos literários, que promovem trocas regionais muito ricas”, pontua Marcos, ressaltando que o Arte da Palavra é considerado um circuito completo porque contempla diferentes manifestações literárias e oficinas.

Seminário Arte da Palavra
Além de Ailton Krenak, os dois dias do Seminário terão a participação dos escritores Bruno Ribeiro, Taylane Cruz e Claudia Lage; da poeta e professora de História da Arte, Elimacuxi; do vencedor do Prêmio Sesc de Literatura 2017, João Meirelles Filho; da poetisa e artista-pesquisadora, Patrícia Galelli; do dramaturgo e Doutor em Literatura Comparada, Wilson Coêlho; e do idealizador e responsável pelo projeto “Guia de Leitura”, Gelson Bini. Nos debates, serão tratados temas como a busca do diálogo entre as muitas vozes que costuram o texto do país; as representações literárias do Brasil profundo na sua diversidade cultural e simbólica; o corpo como matéria e metáfora possível para a criação literária; e o desafio da produção literária como ação estética e política no contexto atual.

Revista Palavra
Durante o Seminário, também ocorrerá o lançamento da décima edição da Revista Palavra, publicação literária anual. Em sua matéria de capa, a revista traz reflexões sobre as ‘Brasilidades Contemporâneas’, com assinatura de Marta Barcellos. A jornalista também conduz uma entrevista com o escritor, ambientalista e ativista indígena Ailton Krenak. A publicação traz ainda artigos de Bruno Ribeiro, Elimacuxi, Ticiane Simões e Wilson Coêlho, além de contos de Carlos Eduardo Pereira, Helder Hérik, Itamar Vieira Jr., Miriam Alves e Taylane Cruz. Há também espaços dedicados a tirinhas e charges, poesia, resenhas e depoimentos. A Revista Palavra é mais uma ferramenta desenvolvida pelo Sesc para contribuir com a formação de cidadãos interessados pela literatura nacional. A publicação procura refletir a pluralidade cultural das diversas regiões do Brasil, reunindo autores, temas e formas que contextualizem o momento atual das manifestações artístico-literárias brasileiras.

Programação | Seminário Arte da Palavra | Canal SescBrasil no YouTube
:: 18 de março | quinta-feira
Abertura – 14h
Carlos Artexes Simões (diretor-geral do Departamento Nacional do Sesc) e,
Lucia Prado (diretora de Programas Sociais do Departamento Nacional do Sesc)
Mesa 1 – 14h15 às 15h45
Ailton Krenak e Bruno Ribeiro, mediação de Marta Barcellos
É possível traduzir os múltiplos brasis? – a busca do diálogo entre as muitas vozes que costuram o texto/tecido do país
Mesa 2 – 16h às 17h30
Patrícia Galelli e Taylane Cruz, mediação de Anielle Oliveira
Poéticas de carne e pele – o corpo como matéria e metáfora possível para a criação literária

:: 19 de março | sexta-feira
Mesa 3 – 14h às 15h30
Elimacuxi e João Meirelles Filho, mediação de George Belisário
Palavras da terra – as representações literárias do Brasil profundo na sua diversidade cultural e simbólica
Mesa 4 – 16h às 17h30
Claudia Lage e Wilson Coêlho, mediação de Guilherme Ramos
Escrever literatura para reescrever o Brasil – o desafio da produção literária como ação estética e política no contexto atual do país
18h – Apresentação Era outra vez, com Gelson Bini

Sobre o Arte da Palavra – Rede Sesc de Leituras:
Com o intuito de valorizar e destacar a literatura nacional, o Arte da Palavra é dividido em três circuitos: Autores, voltado para debate entre escritores; Oralidades, para contadores de histórias, cordelistas, slammers e apresentações que mesclam poesia com outras manifestações artísticas; e Criação Literária, composto por oficinas variadas, com o objetivo de exercitar a prática da escrita nas suas diferentes manifestações e também desenvolver leitores com mais bagagem literária.

O projeto foi lançado em 2017 e conta com uma curadoria coletiva, realizada por especialistas do Sesc de todo o país, que selecionam escritores de Norte a Sul. Em 2020, já em formato online, o Arte da Palavra, por meio dos circuitos Autores e Oralidades, alcançou mais de 60 mil visualizações e, no circuito de Criação Literária, registrou mais de mil horas ministradas em oficinas diversas.

Fonte: Moglia Comunicação Empresarial / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here