Escritor português conversará sobre as interfaces culturais e artísticas do universo das obras literárias dos países que falam português. O bate-papo, online, acontecerá no dia 13, às 14h (Brasília), às 17h (Portugal) e às 18h (Angola)

O escritor português Afonso Cruz é o segundo convidado do Quintal da Língua Portuguesa, projeto internacional que promove encontros online com autores, estudiosos e leitores do idioma para discutir obras de ficção e as interfaces culturais e artísticas nos países lusófonos. A atividade será no dia 13 de março, às 14h (Brasil) | 17h (Portugal) | 18h (Angola).

O painelista nasceu em Figueira da Cruz, Portugal, em 1971. Escritor, ilustrador, cineasta e músico, Afonso Cruz estudou na Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa e no Instituto Superior de Artes Plásticas de Madeira. Com mais de 30 livros publicados, traduzidos para mais de 20 idiomas, é autor de “Os livros que devoraram meu pai” (2010), “Para onde vão os guarda-chuvas” (2013) e “Nem todas as baleias voam” (2016).

Recebeu inúmeras honrarias ao longo da carreira: Prêmio Literário Maria Rosa Colaço (2009), Grande Prêmio de Conto Camilo Castelo Branco (2010), Prêmio SPA/RTP (2011), Prêmio Nacional de Ilustração (Portugal, 2011 e 2013), Prêmio da União Europeia de Literatura (2012), Prêmio Time Out de Melhor Livro do Ano (2012), Prêmio Sociedade Portuguesa de Autores (2013) e Prêmio Fernando Namora (2015), entre outros. Atualmente mora no Alentejo, em Portugal.

Sobre o Quintal
O Quintal da Língua Portuguesa é uma realização do Instituto de Leitura Quindim (Brasil), em parceria com o Bichinho do Conto (Portugal) e a Kacimbo Produção Cultural (Angola). Os encontros são realizados no segundo sábado de cada mês, pela internet.

Criado em 2011, no Rio de Janeiro, por um grupo de artistas, dentre eles os membros fundadores Edna Bueno, Lucília Soares, Ninfa Parreiras, Ondjaki e o presidente do Instituto de Leitura Quindim, Volnei Canônica, o Quintal retoma os encontros para conversar sobre a relação de cada convidado com a língua portuguesa, explorando o fazer literário e a arte.

A curadoria conta com o time original, além da portuguesa Mafalda Milhões. A logomarca do projeto foi criada pelo premiado ilustrador pernambucano André Neves. Os encontros terão duração de duas horas e serão realizados pela plataforma Zoom, às 14h (Brasil) | 17h (Portugal) | 18h (Angola). Os participantes receberão certificado emitido pelo Instituto de Leitura Quindim.

Para participar, o investimento é de R$ 50 para o público em geral e R$ 25 para conveniados (Senalba, Sinpro, Sindiserv Caxias, Rede Caminho do Saber e ex-alunos dos cursos do Instituto Quindim), mediante solicitação de desconto no e-mail institutodeleituraquindim@gmail.com

Fonte: Adri Silva Comunicação / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here