Moscow (Russian Federation), 11/07/2018.- Mick Jagger (C) of the British Rock band The Rolling Stones arrives for the FIFA World Cup 2018 semi final soccer match between Croatia and England in Moscow, Russia, 11 July 2018. (RESTRICTIONS APPLY: Editorial Use Only, not used in association with any commercial entity - Images must not be used in any form of alert service or push service of any kind including via mobile alert services, downloads to mobile devices or MMS messaging - Images must appear as still images and must not emulate match action video footage - No alteration is made to, and no text or image is superimposed over, any published image which: (a) intentionally obscures or removes a sponsor identification image; or (b) adds or overlays the commercial identification of any third party which is not officially associated with the FIFA World Cup) (Croacia, Mundial de Fútbol, Moscú, Inglaterra, Rusia) EFE/EPA/PETER POWELL EDITORIAL USE ONLY

Parece que Mick Jagger, 74 anos, realmente não dá sorte para as equipes que ele torce. Desta vez, a maldição caiu sobre o próprio país do cantor. Presente no estádio de Lujniki para torcer pela Inglaterra, ele viu sua seleção sair na frente na semifinal da Copa do Mundo e depois levar a virada na prorrogação da Croácia.

Como resultado, o English Team terá que disputar o terceiro lugar do Mundial. Pouco antes da partida, Jagger postou no seu Instagram um vídeo incentivando sua seleção: ‘Vamos, Inglaterra’.

O vocalista dos ‘Rolling Stones’ virou piada no Brasil pois sempre que ele se manifesta que vai torcer para um clube ou seleção, este acaba derrotado ou eliminado. No Twitter, ele acabou virando motivo de chacota.

Fonte: LeoDias / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here