O Festival do Audiovisual da Serra Gaúcha – CineSerra apresentou os vencedores de sua sexta edição em uma cerimônia realizada no último sábado, 13 de abril, no Teatro do SESC, em Caxias do Sul.

A mostra competitiva deste ano contou com 50 produções concorrentes, 20 participantes do concurso regional e 30 do estadual. Os recursos para a realização do evento foram captados por meio da Lei de Incentivo à Cultura (LIC) de Caxias do Sul.

Diretor artístico do CineSerra, Le Daros reforça o objetivo do evento, de conceder visibilidade e agregar valor à produção audiovisual independente regional e gaúcha. “Sempre acreditamos no valor dessa produção e no potencial incrível de desenvolvimento do segmento. E o Cineserra, com sua agenda de exibições, debates, atividades de capacitação e claro, sua premiação, vai ao encontro dessa trajetória.”

Conheça a lista de vencedores:
CERTAME REGIONAL
– Ficção / Documentário:
Melhor Filme Ficção: “Subtexto” Dir: Cristian Beltrán
Melhor Filme Documentário: “Sou Ana Mazzotti” Dir: Breno Dallas e João Boaventura
Melhor direção: Breno Dallas e João Boaventura por “Sou Ana Mazzotti”
Melhor roteiro: Douglas Bolzan por “O Homem que Via Música em Tudo”
Melhor fotografia: Breno Dallas por “O Homem que Via Música em Tudo”
Melhor direção de arte: Pauline Hipólito por “Subtexto”
Melhor edição: Michel Kriger por “Subtexto”
Melhor desenho de som: Francisco Maffei por “Sou Ana Mazzotti”
Melhor trilha sonora: Beto Scopel e Ccoma por “O Homem que Via Música em Tudo”
Melhor ator: Cristian Beltrán por “Subtexto”
Melhor atriz: Ana Michelon Gomes por “O Inimigo”
Menção honrosa: “Escarlate” Dir: Lauren Fogaça

– Videoclipe musical:
1º Lugar: “Almost Unreal” – From Autumn – Dir: Maicon Benato
2º Lugar: “High” – Kripper – Dir: Rafael Willms
3º Lugar: “Setembro”- Vic Limberger – Dir: Lauren Fogaça
Menção honrosa: “Lute Sempre”– L.U.T.E Corp.- Dir: Rafael Wilmms

CERTAME ESTADUAL
– Ficção e Documentário:
Melhor Filme Ficção: “Sem Abrigo” Dir: Leonardo Remor
Melhor Filme Documentário: “Que Som Tem a Distância” Dir: Marcela Schild
Melhor direção: Guto Bozzetti por “Mocinho e Bandido”
Melhor roteiro: Felipe Iesbick por “À Sombra”
Melhor fotografia: Rodger Timm por “Fè Mye Talè”
Melhor direção de arte: Gianna Soccol por “Pelos Velhos Tempos”
Melhor edição: Daniel Almeida por “Pelos Velhos Tempos”
Melhor desenho de som: Bafo Na Nuca Música por “Lithium”
Melhor trilha sonora: Idòwú Akinrúli e Gustavo Foppa por “Fè Mye Talè”
Melhor ator: João Vitor Machado por “Mocinho e Bandido”
Melhor atriz: Rejane Arruda por “Sem Abrigo”
Menção honrosa Ficção: “Grito” Dir: Luiz Alberto Cassol

– Videoclipe musical:
1º Lugar: “Long Fever” – L.A.R.A. – Dir: Vinícius Lara e Henrique Wallau
2º Lugar: “Espetáculo” – Mun-Rá – Dir: Bruno dos Anjos
3º Lugar: “Reticências” – Nei Van Soria – Dir: Eduardo Christofoli
Menção honrosa: “Moving Ground” – Hibria – Dir: Deivis Horbach

VOTO POPULAR
Melhor Filme Documentário: “Um Corpo Feminino” – Dir: Thais Fernandes
Melhor Filme Ficção: “Outro Tempo” – Dir: Manu Zilveti
Melhor Videoclipe musical: “Lá Fora” – Thiago Wilbert e Os Buena Onda – Dir: Thiago Wilbert

Saiba mais em festivalcineserra.com.br

Fonte: Dinâmica Comunicação / Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here