Imagem: Grupo Parafolclórico Frutos do Pará/ Crédito Mauro Stoffel

A 49ª edição do Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis está chegando ao fim. O último fim de semana do evento terá mais de 25 apresentações no palco principal, com a presença de grupos da Colômbia, Argentina, Minas Gerais, Pará, Santa Catarina e do Rio Grande do Sul. Nos dias 30 e 31 de julho, o público também poderá assistir a final dos Jogos Germânicos, Desfile de Integração, apresentações no Parque Aldeia do Imigrante e muito mais. O espetáculo “Cooperativismo em Movimento” e a extinção da Chama Folclórica marcarão o encerramento do Festival no dia 31 de julho, na Rua Coberta.

O grupo colombiano, Agrupación Folklórica Aires de Siecha, abre o Palco da Diversidade no sábado, 30 de julho. As apresentações seguem no palco principal até às 15h15, quando começa a prova dos Jogos Germânicos, Chopp em Metro. Às 15h30, o Grupo Sarandeiros, de Minas Gerais, traz a cultura mineira para o palco, que segue com apresentações até às 21h30.

Durante a tarde, o Parque Aldeia do Imigrante recebe apresentações a partir das 14h. Os grupos Hayat, de Ijuí; a Agrupación Folklórica Aires de Siecha, da Colômbia, e a Cia Nadima Murad, de Porto Alegre, levam a cultura para o atrativo turístico. À noite, o Böhmerlandtanzgruppe promove o baile em comemoração aos 35 anos do grupo, a partir das 19h, na Associação Concórdia de Linha Imperial. O Grupo Folclórico Orzel Bialy, de Santa Catarina, e a Agrupación Folklórica Aires de Siecha, da Colômbia, se apresentam no evento. Gastronomia típica, atrações musicais, souvenirs, chopps variados e brincadeiras prometem animar o público do evento.

O último dia do Festival Internacional de Folclore inicia às 9h, com a final do Jogos Germânicos. Os grupos locais disputam a prova Arremesso de Chopp para decidir o vencedor da competição. Às 10h, a Celebração da Vida, da Paz e da Diversidade trará um momento ecumênico que simboliza a união de diferentes culturas por um mundo melhor. A partir das 11h, a música e a dança tomam conta do palco principal com os grupos que apresentam diferentes manifestações culturais. Às 15h30min a diversidade toma conta da Av. 15 de Novembro durante o Desfile de Integração. O colorido dos trajes dos grupos locais e visitantes leva alegria para o público que prestigia o evento. Os grupos retornam ao palco do festival até às 20h com apresentações.

O espetáculo “Cooperativismo em Movimento”, com roteiro de Edineia Werner, encerrará a 49ª edição do Festival Internacional de Folclore. Cerca de 300 pessoas mesclam música, dança e teatro para dar vida a fatos do passado e o amor por Nova Petrópolis é trazido ao palco em forma de movimentos, contando a história do cooperativismo. Na sequência, a cerimônia de extinção da Chama Folclórica marcará o fim da 49ª edição do evento.

O 49º Festival Internacional de Folclore de Nova Petrópolis é uma realização da Associação dos Grupos de Danças Folclóricas Alemãs e da Prefeitura de Nova Petrópolis. O evento integra o calendário anual da IOV – Organização Internacional de Folclore e Artes Populares e o calendário de eventos oficiais do Rio Grande do Sul.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here