Ideias inovadoras para qualificar produtos, processos e serviços de empresas de Caxias do Sul e região circularam pelo campus-sede da Universidade de Caxias do Sul durante a sexta, dia 13, e o sábado, 14, quando cerca de 60 empreendedores, representando 29 startups de todo o Brasil estiveram apresentando seus modelos de negócio para investidores no primeiro bootcamp de um programa de aceleração de negócios inovadores promovido em parceria pelo Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação da UCS – TecnoUCS, pela aceleradora Ventiur e o pelo Instituto Hélice.

A atividade faz parte da etapa de pré-aceleração (warm-up) dessas startups, que concorrem à fase de aceleração – nesta, cinco serão selecionadas para receberem aporte de até R$ 200 mil para impulsionamento do negócio. Os recursos provém de um grupo de investidores ligado ao Instituto Hélice (personalidade jurídica formada pelas Empresas Randon, Marcopolo, Móveis Florense, Soprano, Metadados e pelo TecnoUCS como instituições mantenedoras), que vai arrecadar R$ 4,5 milhões para aceleração de 20 empreendimentos. Depois deste, haverão mais três ciclos para seleção de mais cinco startups cada.

Capacitação e avaliação – No atual processo, um conjunto de dinâmicas trabalhou temas como propósito, visão de futuro, proposta de valor e hipóteses a validar junto aos ‘startupeiros’. Depois disso, seguiram-se três rodadas de apresentação dos negócios inovadores de base tecnológica aos mentores, investidores e às empresas – uma vez que o programa prevê que as propostas das startups participantes sejam voltadas à resolução de problemas reais e à geração de inovação para as organizações da Serra gaúcha.

“Essa é uma etapa fundamental no processo de seleção, pois permite uma avaliação criteriosa da postura empreendedora, complementaridade de competências e capacidade de entrega dos empreendedores”, destaca o CEO da Ventiur, Sandro Cortezia. Entre outros aspectos analisados estão a tecnologia e escalabilidade do produto, o modelo de negócios e o potencial de mercado de cada startup, verificando-se os diferenciais competitivos que os empreendimentos podem trazer à cadeia produtiva regional.

Próximas etapas – Um segundo bootcamp da fase de pré-seleção ocorre nos dias 4 e 5 de outubro. A última fase ocorre no dia 19 de outubro, quando as startups com melhor desempenho no warm-up se apresentam para a banca de investidores em um pitch-day. Depois disso é que ocorrerá a seleção das cinco recebedoras do investimento.

Um total de 115 startups responderam à chamada pública para a inscrição no programa, sendo 10% originárias da região da Serra, 52% de outras regiões do RS e 38% de outros Estados. As 29 selecionadas apresentam produtos e serviços nos setores de Finanças e Seguros; Logística e Mobilidade; Indústria e Automação; Serviços/Processos; Varejo; Turismo; Recursos Humanos; Alimentação e Mercado Imobiliário.

Fonte: Assessoria de Imprensa / Foto: Roger Clots / Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here