A Universidade de Caxias do Sul teve dez pesquisadores classificados entre os melhores cientistas da América Latina no ranking internacional Alper-Doger (AD) Scientific Index 2021.

Desenvolvido pelos professores Murat Alper e Cihan Döğer, o levantamento avalia o desempenho científico individual e a produtividade de pesquisadores de todo o mundo utilizando os indicadores acadêmicos índice-h (que aponta a produtividade e o impacto de cientistas de acordo com o número de artigos produzidos com citações recebidas), o índice i10 (que refere o número de publicações com, no mínimo, 10 citações) e o escore de citações no Google Acadêmico (plataforma mundial de pesquisa e acesso à produção científica de universidades).

Os dados são compilados de modo a refletir tanto a performance dos últimos cinco anos quanto a de toda a carreira do pesquisador. A partir disso, o ranking também classifica as instituições de Ensino Superior e os países. A UCS obteve a posição número 121 entre 453 universidades da América Latina que tiveram pesquisadores incluídos no ranking dos 10.000 melhores cientistas da região – deste total, 78,6% são brasileiros.

Ao todo, 439 universidades brasileiras e 31.317 pesquisadores foram avaliados, mas nem todas instituições alcançaram resultados suficientes para integrar o ranking. Na soma dos resultados das instituições, o Brasil ficou em primeiro lugar na classificação geral da América Latina, onde foram analisados 53.392 cientistas, pertencentes a 1.336 universidades de 33 países. No levantamento mundial – que abrangeu 700 mil pesquisadores, de 13 mil instituições em 200 países – o Brasil ficou na 17ª posição.

Destaques – Os pesquisadores da UCS classificados, na ordem, foram Ademir Zattera, Aldo Dillon, Janaina da Silva Crespo, Marcelo Giovanela, Carlos Alejandro Figueroa e Claudio Antonio Perottoni, dos Programas de Pós-Graduação em Biotecnologia, Engenharia e Ciência dos Materiais e Engenharia de Processos e Tecnologias; o professor Danilo Streck, que iniciou neste ano suas atividades na Universidade, no Programa de Pós-Graduação em Educação; e os pesquisadores João Antonio Pêgas Henriques, Frank P. Missell e Mara Zeni Andrade, que atuavam na instituição no período de análise dos indicadores.

O ranking Alper-Döğer Scientific Index é elaborado por uma organização independente e utiliza nove parâmetros considerando a pesquisa e a produtividade em todas as grandes áreas do conhecimento: Agricultura e Silvicultura; Artes, Design e Arquitetura; Negócios e Gestão; Economia e Econometria; Educação; Engenharia e Tecnologia; História, Filosofia e Teologia; Ciências Jurídicas; Ciências Médicas e da Saúde; Ciências Naturais; e Ciências Sociais.

Avaliações
“Nosso histórico com pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação remonta há pouco mais de 30 anos. Nesse contexto, termos pesquisadores destacados dentre os 10.000 cientistas de ponta na América Latina nos deixa exultantes por evidenciar nosso compromisso em trazer a pesquisa como uma das ações da Universidade para o desenvolvimento da sociedade por meio do ensino, da ciência e da tecnologia. Também é importante frisar que, se temos esses professores em destaque, contribuímos efetivamente para que os estudantes tenham incrementado sua formação, contando com docentes, orientadores de iniciação científica (ensino médio e graduação) e de mestrado, doutorado e pós-doutorado de alta qualificação, Juliano Rodrigues Gimenez, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação

“Os grandes diferenciais das universidades entre as instituições de Ensino Superior têm como base a pesquisa científica. Primeiramente, porque é a pesquisa científica que fundamenta os cursos de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado) que são os que exploram a fronteira do conhecimento construindo e descobrindo novos saberes. Segundo, porque também se deve à pesquisa a transformação desses novos conhecimentos em produtos de mercado, com aplicações que resultem em soluções práticas para empresas, para o poder público e outras organizações, beneficiando toda a sociedade. Assim, é por contar com pesquisadores de excelência, que se destacam no cenário internacional, que a UCS se posiciona como referência em qualidade de ensino, inovação e desenvolvimento científico-tecnológico, especialmente entre as universidades comunitárias brasileiras”, Evaldo Antonio Kuiava, reitor da UCS

Fonte: ACOM|Assessoria de Comunicação / Foto: Claudia Velho / Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here