Gramado - RS

Assim como Ícaro, lenda da mitologia grega que teve as asas de cera derretidas pelo sol, os personagens do livro da escritora Marisol F. esquecem das próprias fragilidades ao desejar a felicidade.

Ícaro é ambientada em Gramado, na Serra Gaúcha, e protagonizada por Deborah, uma bela jovem realizada profissionalmente, casada com Afonso, um bioquímico de sucesso, e mãe de um menino de quatro anos. Tudo parece perfeito na vida da protagonista, mas, de um momento para outro, pesadelos e comportamentos estranhos a arrastam para uma teia de desespero e confusão mental. Mergulhada em dor e vendo o próprio mundo ruir, Deborah começa a dar pistas sobre um passado que ela pouco conhecia. Com a ajuda da hipnoterapia, detalhes sobre a morte de Danilo, ex namorado da personagem e amigo de Afonso, começam a vir à tona.

O sequestro do filho de Deborah acelera o ritmo da leitura e provoca uma pulga atrás da orelha do leitor sobre os outros personagens envolvidos: todos parecem suspeitos. Inclusive a protagonista é questionada sobre a capacidade de cuidar do menino: teria ela sido negligente durante o passeio? A polícia insistia mais com as perguntas, queriam que Deborah repetisse inúmeras vezes os passos dela e do filho, naquela manhã fatídica. Ela respondia sempre a mesma coisa, mas não parecia satisfazê-los. Então, as pessoas passaram a olhar para ela de forma diferente. Estaria ela dizendo toda a verdade? Os convidados da festa de aniversário desastrosa passaram a falar e duvidar. Afonso reagiu indignado a essas acusações, defendendo a mãe de seu filho, mas os comentários não cessaram.
(Ícaro, p.40)

Ícaro conduz o leitor aos esconderijos sombrios da mente humana até desembocar em um final igualmente nebuloso. Além da obra, Marisol também é autora de Dança Comigo? e O Canto do Cisne, inspirado na lenda do cisne branco.

Fonte: Assessoria de Imprensa / Foto: Reprodução Internet

A autora.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here