O avanço do novo coronavírus está fazendo com que as pessoas adaptem suas rotinas. De exercícios físicos dentro de casa até o famoso home office, as atividades diárias passaram por transformações impostas pelo momento de distanciamento social. Com a educação não seria diferente.

Além de cursos online, a procura por formas alternativas para continuar se desenvolvendo também tem aumentado. Pensando nisso, a Fundação Estudar, organização que é referência na formação de lideranças no país, reuniu uma lista de diferentes conteúdos indicados por bolsistas da rede do programa Líderes Estudar.

Criado há 29 anos, o Programa de Líderes já ajudou a formar mais de 700 jovens, concedendo bolsas de estudos nas melhores universidades nacionais e internacionais. Esses líderes se tornaram referência em diversas áreas, como Ciência, Economia, Política, Educação, e contribuem diretamente com o desenvolvimento socioeconômico do país. A edição 2020 do programa está com inscrições abertas até o dia 30 de março .

Além de livros, os líderes indicaram seus filmes e vídeos favoritos para aproveitar durante o distanciamento social. Confira:

Filmes:
“Faça a Coisa Certa”, de Spike Lee
Lançado em 1989, ”Faça a Coisa Certa” mostra como pequenas discordâncias tinham o poder de explodir a angústia racial dos Estados Unidos. Foi uma obra importante na história do cinema negro americano. Indicação do líder Giovani Rocha.

“Uma Mente Brilhante”, de Ron Roward
Lançado em 2002, ”Uma Mente Brilhante” conta como um portador de esquizofrenia descobriu como viver com essa dificuldade, usando as adversidades a seu favor. Indicação da líder Isabella Almeida Guilherme.

“O Abraço da Serpente”, de Ciro Guerra
Lançado em 2016, ”O Abraço da Serpente” mostra um explorador europeu, que conta com o apoio de um xamã, para atravessar o rio Amazonas. Indicação do líder André Medeiros Sztutman.

“Girl”, de Lukas Dhont
Lançado em 2018, ”Girl” conta a história real de Nora, uma menina cuja transição de gênero virou notícia na Bélgica quando tinha 16 anos, e seu sonho de seguir carreira como bailarina. Indicação da líder Jaquelina Tortora Dias.

Livros
“Mulheres, Raça e Classe”, de Angela Davis
No livro publicado em 1981, Angela Davis mostra o debate sobre o abolicionismo penal como imprescindível para o confronto ao racismo institucional. Indicação da líder Lorenna Santos Vilas Boas.

“Sociedade do Cansaço”, de Byung-chul Han
No livro publicado em 2010, Han defende que cada época possui epidemias próprias, como as doenças bacteriológicas e virais que marcaram o século XX. Indicação da líder Júlia Dias de Oliveira Campos.

“Capitães da Areia”, de Jorge Amado
No livro publicado em 1937, Jorge Amado mostra o dia a dia de um grupo de meninos de rua da cidade de Salvador, procurando não abordar apenas a violência, mas também os pensamentos comuns de qualquer criança. Indicação do líder Ricardo Silva Buarque.

“Me Chame Pelo seu Nome”, de André Aciman
No livro publicado em 2007, André Aciman conta um caso de amor entre um jovem judeu ítalo-americano de 17 anos, e um estudante judeu americano de 24 anos de idade. Indicação do líder Daniel Gustavo Schlindwein Silva.

Vídeos
A falta que a falta faz – JoutJout
No vídeo, JoutJout lê o livro infantil ”A Parte que Falta” de Shel Silverstein, e chora ao comentar o tema do texto. “Não sei quanto a você, mas sempre falta um trocinho. Às vezes, falta muita coisa, às vezes só uma coisinha que parece um mundo de faltas. Para muitos, falta o indispensável e aí o que falta pra você parece nada, mas é demais de onde você está olhando”, diz. Indicação do líder André Garcia de Oliveira.

Raça e Racismo no Brasil – Carlos Medeiros
O programa exibido em 2016, debateu sobre escravidão, gerando um conversa sobre raça e racismo com o jornalista Carlos Medeiros. Indicação do líder Giovani Rocha.

Developing a Growth Mindset – Carol Dweck
Você deveria dizer aos seus filhos que eles são inteligentes ou talentosos? A professora Carol Dweck responde a essa pergunta e mais, enquanto fala sobre seu trabalho inovador no desenvolvimento de mentalidades. Indicação da líder Isabella Almeida Guilherme.

Os benefícios científicos do tédio – Veritasium e LastPass
O vídeo mostra os lados positivos de sentir tédio, defendendo que você se torna uma pessoa mais criativa, altruísta, introspectiva e ajuda no planejamento autobiográfico. Indicação do líder Paulo Rotband Marchtein Fisch.

Fonte: Loures Consultoria / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here