Após quase três anos de processo, Lírio Parisotto, 65 anos, foi condenado pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, nesta quinta-feira (14). O empresário responderá por agressão contra Luiza Brunet, 56 anos.

“Foi uma vitória para a Luiza e para todas as mulheres do Brasil”, disse o advogado Pedro Egberto Neto ao jornal “O Globo”.

Representante da famosa, o profissional destacou que o ex-marido dela terá de prestar serviço comunitário por doze meses. Além disso, prestará contas ao cartório criminal pelos próximos dois anos para atestar que continuará morando em São Paulo durante a pena.

“Ele pode embargar a declaração e entrar com um recurso especial no Superior Tribunal de Justiça para tentar a prescrição do crime. Só que o STF não reanalisa os fatos, somente as matérias de direito. A condenação existe e está aí”, explicou o advogado.

Brunet, por sua vez, celebrou a derrota do antigo companheiro. “Essa resposta da Justiça chancela a minha verdade e a de tantas outras mulheres que foram violentadas e obrigadas a se calar. Estou trêmula. Finalmente fez-se justiça”, comemorou.

A ação, vale lembrar, foi aberta em maio de 2016. A modelo chegou a ter o rosto repleto de hematomas e teve quatro costelas quebradas pelo ex-marido, que negava veementemente.

Fonte: Famosidades  / Foto: Reprodução Internet

Empresário é de Nova Bassano – RS

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here