Você já ouviu falar em Glühwein? Você pode nunca ter ouvido falar, mas se é gaúcho certamente já provou algo parecido em alguma festa junina. Ao contrário do resto do país que utiliza a cachaça como base, no Rio Grande do Sul, o tradicional “quentão” é preparado com vinho.

Indícios históricos apontam que o nosso “quentão de vinho” é uma adaptação da bebida europeia Glühwein, trazida pelos imigrantes italianos e alemães. Diferente daqui, que a bebida é vinculada às festividades juninas, na Europa é apreciada tradicionalmente no natal. Porém, em ambos os locais possuem o mesmo objetivo: aquecer durante o frio.

Que tal comemorar o Dia de São João diferente esse ano, preparando um Glühwein?

Ingredientes
– 1 litro de vinho tinto seco
– 1 limão galego
– 2 paus de canela
– 3 cravos
– estrelas de anis (opcional)
– 3 colheres de sopa de açúcar
– um pouco de cardamomo (o cardamomo tem sabor e aroma parecidos com o gengibre  na verdade, ele é da família do gengibre)

Modo de preparo
Despeje o vinho tinto em uma panela, corte o limão em rodelas e adicione o açúcar e as especiarias. Aqueça os ingredientes até pouco antes do ponto de fervura, depois cubra e deixe descansar por 1 hora. O Glühwein não pode ser fervido, apenas aquecido. Caso contrário, o álcool contido evapora e as especiarias terão o sabor alterado, tornando a bebida amarga.

O presidente da Associação de Vinícolas dos Altos Montes Filipe Panizzon alerta quanto à qualidade do vinho escolhido para a base do Glühwein. “Vinhos com alto teor de açúcar e álcool são rapidamente absorvidos na corrente sanguínea, o que pode gerar dores de cabeça no dia seguinte. Por isso, escolha sempre um vinho de boa qualidade. A Altos Montes possui diversas opções”, sugere.

Mais informações podem ser obtidas em vinhosdosaltosmontes.com.br

Fonte: Usina de Notícias / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here