Todos nós procuramos comer alimentos saudáveis e frescos. E, no entanto, nesta correria da vida, não temos tempo de ir diariamente aos mercados e feiras para comprar verduras, legumes, creme, molhos frescos. Mas como conservar os alimentos por mais tempo? Leia essas dicas fáceis e eficazes que fizemos para simplificar seu dia-a-dia. Não esqueça: uma vez que seus alimentos foram descongelados, utilize-os. Não congele-os novamente! Retire apenas o que precisar.

1. Congelar leite durante semanas
O leite pode ser congelado. Para isso, se a garrafa ainda estiver cheia, retire um pouco seu volume antes de congelar ( isso porque o volume aumenta quando congelamos). A média de conservação é entre 4 a 6 semanas (no máximo). Outra dica é colocar um pouco de sal na garrafa de leite, impedindo que o leite azede rapidamente. Essa astúcia é para quem deixa o leite na geladeira.

2. Congelar ovos usando bandejas de gelo
Os ovos tem prazo de validade. Sob refrigeração, consuma-os em até 60 dias a partir da data da postura. Sem refrigeração, a duração varia; no verão até dez dias, no inverno, máximo 15 dias. Para não jogar seus ovos fora, o segredo é congelá-los sem a casca. Isso mesmo. Use as bandejas de gelo e coloque um ovo inteiro (sem a casca hein!!). Outra dica: se precisar fazer uma receita onde só se levam claras…neste caso, congele as gemas que não foram utilizadas. Junte um pouco de sal ou açúcar (serão os conservantes). Utilize os ovos congelados quando quiser.

3. Congelar o resto dos molhos
Às vezes exageramos na quantidade de molho e fizemos mais do que precisamos. Ou então, se gosta de preparar com antecedência para não ser pego de surpresa, saiba que os molhos (e o resto dos molhos) podem ser congelados. Basta colocá-los em sacos adequados e congelá-los.

4. Folhas de Verduras
Para garantir o frescor das folhas de alfaces (ou folhas verdes em geral), envolve-as com o papel toalha e em seguida, coloque-as num recipiente plástico (por exemplo) . Isso porque a umidade será absorvida pelo papel, evitando seu desbotamento.

5. Conservar as maçãs na geladeira
Geralmente, as maçãs mantêm-se frescas por mais tempo do que outras frutas. Mas, além disso, suas propriedades benéficas são mantidas por mais tempo quando são conservadas na geladeira. Por isso, deixe-as na geladeira. Mas é também importante deixar algo entre uma maçã e outra. Um papel toalha, por exemplo. Isso vai ajudar por exemplo, caso uma maçã apodreça, as outras ainda estão boas para consumação.

6. Cenouras numa caixa de areia
A técnica é simples. Coloque as cenouras numa caixa aberta com areia (como nas feiras). A razão é simples: a areia reduz a vaporização da umidade da cenoura e impede a formação de bolor. Essa dica é muito usada por pessoas que cultivam seus próprios legumes.

7. Evitar que a nata/creme de leite azede
Para conservar as natas/creme de leite ou queijo cottage por mais tempo, garantindo seu frescor, a dica é simples. Coloque esses produtos na geladeira (frigorífico) de cabeça para baixo (ou seja, com a tampa para baixo). Isso criará um vácuo que evita a disseminação de bactérias que fazem os laticínios azedarem.

8. Cebolinhas crescem
Quando comprar as cebolinhas, não corte suas raízes. Coloque-as inteiras num vaso/garrafa com água. Quando usar, corte apenas a parte que precisar, pois elas crescerão de novo e de novo.

9. Conservar as ervas frescas num pote de vidro
Armazene suas ervas frescas em um pote de vidro. Este tipo de armazenamento permite-lhe manter o sabor e o cheiro de cebolas frescas, salsa ou coentros durante um mês inteiro.

10. Onde conservar o mel
O mel pode ser armazenado por anos sem perder suas propriedades. É importante armazená-lo no lugar certo e em um recipiente adequado. A melhor opção é mantê-lo em um pote de vidro com tampa. Não guarde o mel em recipientes de metal ou em um recipiente enferrujado: o mel irá oxidar também.

Fonte: Petitchef / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here