O Dia do Vinho Brasileiro 2019 será lançado oficialmente no próximo dia 30 (terça-feira), em Monte Belo do Sul, na Serra Gaúcha.

A partir das 19h, na praça Padre José Ferlin (em frente à Igreja Matriz São Francisco de Assis), os convidados poderão conferir diversas atrações culturais, que incluem grupos de dança e canto e oficinas de música, gastronomia típica da região de colonização italiana e os vinhos e sucos de uva de seis empresas da Associação dos Vitivinicultores de Monte Belo do Sul (Aprobelo). Em caso de chuva, o evento será transferido para o Salão Comunitário, ao lado da praça.

O Dia do Vinho Brasileiro chega à sua décima edição e ganha status nacional, passando a ser realizado de forma simultânea em seis estados – Rio Grande do Sul, Bahia e São Paulo e os estreantes Minas Gerais, Paraná e Santa Catarina. No total, são mais de 40 cidades, com empreendimentos que vão de vinícolas a hotéis e pousadas, além de restaurantes e bares, que estarão mobilizados para receber milhares de visitantes entre os dias 17 de maio e 2 de junho.

E nada melhor do que celebrar uma década de Dia do Vinho com uma programação que faz jus à inclusão da palavra “Brasileiro” no nome. Os descontos na compra de produtos e em passeios poderão ser desfrutados do Sul ao Nordeste do país.

Monte Belo do Sul, cidade anfitriã do lançamento da edição deste ano, por exemplo, também terá destaque durante as duas semanas de programação. O município promove o 10º Polentaço, que caiu nas graças do público e é festejado em conjunto com a 8ª Festa do Agricultor, nos dias 18 e 19 de maio.

Vicente Perini, presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, prevê um incremento que deve ultrapassar os 10% na ocupação hoteleira em relação ao mesmo período do ano passado. O dirigente cita a adesão de novos empreendimentos ao evento, atrações que envolvem associações e municípios de forma integrada e o marco de uma década de atividades como fatores que devem confirmar e até ampliar a previsão de aumento no fluxo turístico. “A cada ano o Dia do Vinho se torna mais conhecido e amplia a atração de pessoas de diversos estados. Temos observado que os empreendimentos têm se empenhado em promover eventos inovadores, que incluem promoção na compra de vinhos, degustações temáticas e eventos gastronômicos que valorizem o enoturismo e a estrela principal da festa: o vinho brasileiro”, resume.

A programação completa pode ser acessada no novo site www.diadovinho.com.br, que neste ano foi reformulado, seguindo a nova identidade visual do projeto.

“A diversidade de atrações, os descontos, que neste ano chegam a 50%, e o fato de chegar a mais três novos estados são motivos para brindarmos a 10ª edição do Dia do Vinho. Podemos dizer que chegamos a uma década com energias renovadas e prontos para atrair mais regiões, despertarmos ainda mais turistas e, como não poderia deixar de ser, de aquecermos as vendas de vinhos neste período”, projeta o presidente do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), Oscar Ló.

Serviço:
Lançamento do Dia do Vinho Brasileiro 2019
Onde: Praça Padre José Ferlin, em Monte Belo do Sul (RS)
Quando: 30 de abril, às 19h
Atrações culturais: Grupo Acordes, Grupo de Danças Piccoli Ballerini, Coral Musicando Melodias, Coral Infanto Juvenil Alegria de Cantar e Grupo Folclórico Vicentino.
O evento terá, ainda, gastronomia típica italiana e produtos das vinícolas Faé, Calza, Faccin, Fantin, Moro e Sucos Tasca

Sobre o Dia do Vinho Brasileiro    
O evento Dia do Vinho Brasileiro ocorre desde 2010. A celebração é uma realização do Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin), por meio do projeto Vinhos do Brasil, Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR/RS) e Wine in Moderation, e do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria (Segh) – Região Uva e Vinho, como resultado do Projeto Eventos Integrados e Integradores – reinterpretação da concepção de evento, fomentado pelo Ministério do Turismo. A lei que instituiu o Dia do Vinho no Rio Grande do Sul no primeiro domingo de junho de cada ano foi promulgada em 12 de dezembro de 2003. O projeto partiu do então deputado estadual Iradir Pietroski.

Fonte: MCom Ação & Comunicação / Foto: Reprodução Internet

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here